PUBLICIDADE

Eduardo emplaca padrinho de casamento em cargo do governo

Luiz Henrique Trombetta Barbosa será chefe de gabinete na Secoi

26 jan 2022 10h35
| atualizado às 11h32
ver comentários
Publicidade

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho 'Zero Três' do presidente Jair Bolsonaro (PL), conseguiu emplacar um padrinho de casamento em um cargo de confiança no Ministério das Comunicações, comandado pelo ministro Fábio Faria. Servidor de carreira do Ibama e até então coordenador-geral de Administração do órgão, Luiz Henrique Trombetta Barbosa passará a despachar como chefe de gabinete na Secretaria de Comunicação Institucional da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secoi).

O órgão vinculado à Secretaria Especial de Comunicação Social é responsável por gerenciar o relacionamento do governo com formadores de opinião nacionais e internacionais, bem como por divulgar programas e ações do governo.

Na foto abaixo, tirada no casamento de Eduardo Bolsonaro, Barbosa é o segundo da fileira superior, da esquerda para a direita.

Luiz Henrique Trombetta Barbosa será chefe de gabinete na Secretaria de Comunicação Institucional da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secoi).
Luiz Henrique Trombetta Barbosa será chefe de gabinete na Secretaria de Comunicação Institucional da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secoi).
Foto: Davi Nascimento/Divulgação / Estadão

A nomeação já foi oficializada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 25. "Vou trabalhar com o Mateus Colombo Mendes", disse Barbosa ao Estadão, em referência ao chefe da Secoi. Em seguida, afirmou não poder dar mais detalhes e desligou o telefone. Questionado sobre sua formação acadêmica e sua expertise para ocupar o cargo, bloqueou a reportagem no WhatsApp.

O padrinho de casamento de Eduardo Bolsonaro é técnico administrativo do Ibama desde 2013. Em 15 de setembro de 2021, foi alçado à Coordenação-Geral de Administração, cargo de confiança que tem salário bruto de R$ 11.728,81, de acordo com informações de novembro publicadas no Portal da Transparência. Agora, ele será alocado na área de comunicação do governo em cargo semelhante.

A chegada de um servidor ligado à família Bolsonaro à comunicação do governo ocorre no momento em que o comitê de campanha do presidente da República, que quer disputar a reeleição, estuda ajustes nas estratégias eleitorais. Sob a liderança de Carlos Bolsonaro, outro filho do presidente, a campanha digital do chefe do Executivo deu mais um passo ao lançar a Bolsonaro TV, um aplicativo que reúne postagens do presidente em diferentes redes sociais.

Mateus Colombo Mendes foi procurado pela reportagem por e-mail e telefone para comentar a nomeação de seu novo subordinado, mas não retornou aos contatos.

A assessoria de imprensa de Eduardo Bolsonaro disse estar em recesso e não ter conhecimento da informação.

Estadão
Publicidade
Publicidade