0

Doria indica liderança do movimento Agora! para secretaria e define outros 5 nomes

Fundadora de grupo de renovação política ligado a Luciano Huck chefiará Desenvolvimento Econômico

6 dez 2018
13h08
atualizado em 7/12/2018 às 05h33
  • separator
  • comentários

O governador eleito de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quinta-feira, 6, uma das fundadoras do movimento de renovação política Agora! como secretária de Desenvolvimento Econômico, e definiu outros cinco nomes de seu governo. Patrícia Ellen, que chefiará a pasta, é presidente da Optum - empresa de tecnologia em saúde do grupo United Health. O Agora!, grupo que Patrícia ajudou a organizar, também é ligado ao apresentador Luciano Huck.

O governador eleito João Doria anuncia cinco novos integrantes de seu futuro governo
O governador eleito João Doria anuncia cinco novos integrantes de seu futuro governo
Foto: Reprodução/Facebook João Doria / Estadão

Doria também anunciou Célia Parnes como secretária de Desenvolvimento Social. Célia é ex-presidente da União Brasileiro-Israelita do Bem Estar Social (Unibes). Com os anúncios, chega a quatro o número de secretárias mulheres indicadas ao governo estadual. No mês passado, Doria já havia anunciado a deputada estadual Célia Leão, na secretaria da Pessoa com Deficiência, e Lia Porto como Procuradora-Geral do Estado.

Doria disse que fez um convite à jogadora de vôlei Ana Paula para a secretaria de Esportes, mas que ela declinou o convite por motivos familiares. O governador eleito ainda disse que todos os nomes de seu secretariado serão anunciados até terça-feira que vem, 11.

O atual ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, também foi anunciado como o próximo secretário de Turismo paulista. Catarinense, Lummertz foi presidente da Embratur, de 2015 a 2018, e secretário nacional de Políticas de Turismo no ministério que hoje chefia. Com isso, o secretariado de Doria já reúne cinco ministros do governo Michel Temer - Gilberto Kassab (PSD) assumirá a Casa Civil, Rossieli Soares será o responsável pela pasta de Educação, Sérgio Sá Leitão será o secretário de Cultura, e Alexandre Baldy assumirá como secretário de Transportes Metropolitanos.

Milton Santos chefiará a Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP). Santos é ex-presidente da Caixa Econômica Federal e foi Diretor Presidente da Desenvolve SP até abril deste ano. Atualmente é presidente da Associação Viva o Centro.

Doria também anunciou Jorge Damião como presidente do Memorial da América Latina. Damião foi secretário de Esportes da Prefeitura de São Paulo durante a gestão de Doria, e coordenador de eventos na antiga Paulistur nos anos 80, quando o governador eleito chefiava a agência.

Paulo Mathias, ex-prefeito regional de Pinheiros na gestão Doria, será secretário-adjunto de Desenvolvimento Social. Ele disputou o cargo de deputado estadual em 2018, mas não se elegeu.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade