0

Tratamentos Estéticos no Inverno ajudam clínicas a manter o faturamento

5 dez 2019
16h34
atualizado em 15/1/2020 às 16h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Quem gosta de cuidar da saúde do corpo sabe que não tem época exata para isso, mas também é sabido que os tratamentos são temporais. Isso quer dizer que existem épocas em que as pessoas preferem cuidar do corpo e existem épocas em que as pessoas optam por cuidar mais do rosto, além de tratamentos que só podem ser realizados em determinada estação.

Foto: HS Med / DINO

Quando o verão chega perto, os pacientes preferem cuidar do corpo para aproveitar na praia com toda a liberdade, sem aquele desejo de esconder o corpo por não estar satisfeito com o mesmo. Mas isso não quer dizer que nos climas mais quentes não é possível cuidar do rosto, só é necessário tomar mais cuidado.

Com a chegada do inverno, as pessoas optam por cuidar mais do rosto, principalmente em cidades do Sul do Brasil, onde a temperatura cai e fica mais difícil se despir para cuidar do corpo. Felizmente, existem muitas opções de tratamentos e equipamentos.

Na época mais fria, é possível fazer tratamentos para hipercromias (manchas), como melasma, cloasma, efélides, melanose ou lentigo solar, hiperpigmentação periorbital (olheiras), rejuvenescimento (rugas, linhas de expressão e flacidez de pele), cicatrizes de acne, comedões e espinhas (limpeza de pele, por exemplo), estrias (apesar de ser corporal, o inverno é a melhor época para tratar por causa da chance de ocorrer uma hiperpigmentação pós-inflamatória), hidratação e excesso de oleosidade, foliculite (inflamação nos folículos pilosos), cicatrizes, ostios (poros) dilatados, papada, etc. 

Entre os tratamento indicados para os dias mais frios estão, tratamentos com aparelho de radiofrequência, aparelhos de peeling, laser, equipamentos de luz pulsada, aparelho de criolipólise, entre outros.



Website: http://www.hsmed.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade