3 eventos ao vivo

Startup explica como usa inovação e tecnologia para crescer no mercado imobiliário

2 dez 2019
17h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), no Brasil já há mais de 10 mil startups. A entidade mensurou que, das 10.365 novas empresas de tecnologia no país, quase 50% (4.717) está sediada na região Sudeste. 

Foto: MONDONEX / DINO

Ainda que visem um modelo de negócio com baixo custo e alta potencialidade de crescimento, as startups nem sempre começam de maneira totalmente enxuta. 

"Alguns setores possuem uma grande barreira de entrada e para ter sucesso neles é necessário iniciar com uma significativa maturidade em tecnologia aliada a conhecimento de mercado", é o que diz André Buzzo, sócio da Mondonex.

Embora atuem no setor imobiliário, Buzzo afirma que a empresa tem uma classificação ainda não conhecida e apresenta os desafios existentes no setor: "Permitimos que pessoas comprem um imóvel de lazer compartilhado na praia ou em locais turísticos por até 25% do valor, sem precisar conhecer outros investidores. Ainda assim não somos uma construtora nem uma imobiliária, mas precisamos conhecer bem esses formatos de negócio."

Com atuação em um setor tradicional, a Mondonex é um bom exemplo de empresa que tem ganho relevância por ter criado uma operação integralmente baseada em tecnologia: 

"Pra que a operação completa funcionasse foram necessários mais de 5 milhões de reais em investimento em software e tecnologia. Temos uma jornada digital bem definida, na qual o aplicativo do cliente interage com o aplicativo da nossa equipe e com o software de gestão. Além disso, os imóveis possuem equipamentos específicos para gestão do consumo de água, energia e afins. Isso permite a divisão correta de custos e que os consumidores administrem suas propriedades pelo smartphone", explica Rafael Sapata, sócio e responsável pela divisão de tecnologia da Mondonex.

A escalabilidade é um fator visado por todas as startups, tema recorrente em seus modelos de negócio. Ela é conquistada pelo uso da tecnologia, principalmente em questões administrativas. 

"Cada imóvel de alto padrão administrado pela Mondonex possui três ou quatro investidores. Além de não se conhecerem, cada investidor pode contar com serviços que vão desde limpeza express, até pedidos de comida ou passeios de barco. Otimizar as equipes que prestam esses serviços foi essencial para o crescimento da companhia e a tecnologia foi peça-chave nesse processo", afirma Marcelo Liberati sócio e atuante na administração da empresa.

Sobre a Mondonex

Pioneira no mercado de compartilhamento de ativos, a essencialmente brasileira Mondonex já está em fase de expansão internacional de suas fronteiras, permitindo aquisição de imóveis de alto padrão por valores inéditos. 

Com tecnologia, entrega uma experiência inovadora aos seus clientes: aquisição e manutenção por até 25% do valor comum, gestão integral da propriedade via aplicativo, acesso a passeios privados de barco e diversos outros serviços complementares. 

Para saber mais visite o site www.mondonex.com.br

 



Website: http://www.mondonex.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade