0

Self storage muda hábitos dos brasileiros na busca por espaço

11 jul 2019
14h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As mudanças nos hábitos ocorrem principalmente pela necessidade. É verdade que, às vezes o modismo também empurra. No caso dos Self Storages, diversos fatores vêm contribuindo para seu crescimento e conquista definitiva de espaço entre os brasileiros. Os lançamentos imobiliários residenciais com unidades cada vez menores, o comércio eletrônico, a busca por eficiência logística nos grandes centros urbanos, a guarda de itens pessoais sazonais e a guarda de móveis durante mudanças e reformas justificam o crescimento do setor de  Self Storage.

Foto: Arquivo Storage Guarda Tudo / DINO

O self storage - que está no grupo das atividades imobiliárias (CNAE 6810-02/2 ), é a locação temporária de espaços individuais e privativos para a guarda de objetos e mercadorias, no sistema (do-it-your-self) guarde, tranque e leve a chave. Os ambientes são protegidos por sistemas de segurança e câmeras 24h e os locatários acessam através de senhas. As facilidades incluem contratos mensais flexíveis nos quais o locatário pode variar o tamanho conforme demanda, possibilidade de contratar seguro pelo valor declarado, exclusão de iptu, conta de luz, condomínio, taxa de lixo e outras, além da liberdade e privacidade pois o locatário faz o transporte, manuseio e acesso como lhe convir.

Pioneira no setor, a Storage Guarda Tudo acompanha de perto o desenvolvimento do setor. Marcos  Dias Baptista - sócio fundador da empresa em 1996, atesta que, aos poucos, mais setores buscam soluções de espaço. "No início, éramos procurados basicamente para guardar móveis. Com o passar do tempo, as pessoas e, principalmente as empresas, foram descobrindo o self storage. Atualmente,  somos extensão das residências e também temos clientes empresariais que afirmam não serem viáveis se tivessem que alugar o espaço que usam por meio de galpões tradicionais".

O crescimento do setor no Brasil já é sentido nas grandes cidades, fechando 2018 com 248 unidades, sendo aproximadamente 80 só na cidade de São Paulo, de acordo com dados da Asbrass - Associação Brasileira de Self Storage. Móveis, estoques e documentos são os principais itens guardados em self storage, em uma lista que inclui  diversos itens, tais como coleções, doações, listas de casamentos, equipamentos esportivos e logística reversa, entre outros. Com tantas opções de tamanhos de boxes (1 a 50m2), você provavelmente tem algo para guardar ou possibilidade de ampliar os espaços em sua casa ou a experiência de seu cliente em sua loja, clínica ou escritório.

"É muito simples contratar o aluguel de um Box. Se desejar, o cliente pode fazer tudo via e-mail ou WhatsApp. Os contratos são mensais, renováveis automaticamente, sem taxas ou multa de cancelamento ou  alteração de tamanho" lembra Marcos Dias  Baptista.



Website: https://storageguardatudo.com.br/

Veja também:

Como funcionam as eleições presidenciais nos EUA
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade