0

Schlumberger Anuncia Resgate de Títulos Seniores

23 out 2019
05h15
  • separator
  • 0
  • comentários

A Schlumberger Limited ("Schlumberger") anunciou hoje que a Schlumberger Holdings Corporation, uma subsidiária de propriedade integral indireta da Schlumberger ("SHC"), resgatará todo o valor principal pendente dos seus Títulos Seniores de 3.000% com vencimento em 2020 (os "Títulos de 2020"), e que a Cameron International Corporation, uma subsidiária de propriedade integral indireta da Schlumberger ("Cameron"), resgatará todo o valor principal pendente dos seus Títulos Seniores de 4,50% com vencimento em 2021 (os "Títulos de 2021"), e todo o valor principal pendente dos seus Títulos Seniores de 3,60% com vencimento em 2022 (os "Títulos de 2022", e coletivamente com os Títulos de 2020 e os Títulos de 2021, os "Títulos"). A data do resgate para cada série de Títulos é 21 de novembro de 2019 (a "Data do Resgate").

O valor principal agregado dos Títulos de 2020 pendente é de US$416.044.000, o valor principal agregado dos Títulos de 2021 pendente é de $126.193.000 e o valor principal agregado pendente dos Títulos de 2022 é de US$105.779.000. Os Títulos serão resgatados na Data do Resgate a um preço de resgate para cada série de Títulos igual a (a) 100% do valor principal agregado sendo resgatado, mais (b) o acumulado e não pago de tais Títulos desde a última data de pagamento de juros até, mas excluindo a Data de Resgate, mais (c) um prêmio total a ser calculado três dias úteis antes da Data do Resgate, de acordo com os termos da série aplicável de Títulos e a escritura aplicável que governa tal série de Títulos. Na Data de Resgate, e depois dela, os juros deixarão de incidir sobre os Títulos e os Títulos deixarão de ser pendentes.

As notificações do resgate estão sendo enviadas pelo fiduciário de cada série de Títulos para todos os titulares registrados atualmente de tais série de Títulos.

Nota de advertência a respeito das declarações prospectivas

Este comunicado de imprensa contém "declarações prospectivas" segundo o significado atribuído pela legislação federal de valores mobiliários dos Estados Unidos, isto é, declarações sobre eventos futuros, e não sobre eventos passados. Geralmente, tais declarações contêm termos como "esperar", "poder", "acreditar", "planejar", "estimar", "pretender", "prever", "deveria", "poderia", "vai", "ver", "provavelmente" e outros similares. As declarações prospectivas lidam com problemas que são, em diversos graus, incertezas, como, por exemplo, declarações relacionadas aos termos eàdata do resgate de cada série de Títulos. Nem a Schlumberger nem a SHC ou a Cameron podem garantir que tais expectativas se comprovarão corretas. Essas declarações estão sujeitas, entre outros aspectos, aos riscos e incertezas detalhados nos Formulários 10-K, 10-Q e 8-K mais recentes registrados juntoàComissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission, SEC) dos Estados Unidos ou a esta fornecidos. Os resultados reais podem variar substancialmente daqueles previstos pelas declarações prospectivas da Schlumberger. As declarações prospectivas refletem unicamente as informações disponíveis na data em que são proferidas, e a Schlumberger se isenta de qualquer intenção ou obrigação de atualizar publicamente ou revisar tais declarações, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou por qualquer outra razão.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20191023005303/pt/


Contato:

Simon Farrant — Vice-presidente de Relacionamento com Investidores, Schlumberger Limited

Joy V. Domingo — Diretor de Relacionamento com Investidores, Schlumberger Limited

Escritório +1 (713) 375-3535

investor-relations@slb.com


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade