0

Rede Somus lança "Áfricas na Gente - Festival de Música nas Escolas"

19 mai 2017
16h10
  • separator
  • comentários

"Áfricas na Gente" é um projeto de democratização cultural, musicalização e cultura afro-brasileira criado pela "Rede Somus - Música Bahia", aprovado no Edital Setorial de Música pela SECULT/BA. Esta ideia tem o respaldo das leis nº 10.639/03 e 11.769/08, e realizará festivais de música com atividades de arte educação em 20 escolas públicas estaduais de Cajazeiras e entorno, na cidade de Salvador/BA. O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural e Secretaria de Cultura da Bahia e será realizado durante o segundo semestre de 2017. O lançamento ocorrerá no dia 22 de maio, das 15h30 às 18h30, no Espaço Xisto Bahia, nos Barris, onde terá Roda de Conversa com Vovó Cici e Mateus Aleluia com acesso ao público no sistema "Pague Quanto Quiser".

Foto: DINO

O projeto "Áfricas na Gente - Festival de Música nas Escolas" tem como propósito maior enaltecer a cultura afro-brasileira e trazer reflexão sobre a importância do povo negro para a nossa cultura. Propõe a todos os envolvidos um mergulho em seu próprio cotidiano para descobrir e valorizar a influência afro cultural em suas vidas. Com isso também busca fortalecer a relação de pertencimento das crianças e jovens com seus ancestrais.

Neste projeto a "Rede Somus" apresentará aos jovens parte de seus artistas que passeiam por diversos estilos musicais para despertar conhecimento e novas possibilidades de enxergar o mundo. Para isso, além dos shows musicais, também acontecerão oficinas artísticas e rodas de conversa.
O projeto ocupará cada escola durante 01 dia com 08 oficinas (ex: quadrinhos; canto; iniciação a teoria musical; som, ritmo e movimento; contrabaixo básico; criação de histórias; rádio web e violão básico), uma Roda de Conversa sobre Cultura Afro-brasileira com um estudioso da área e shows com artistas da Rede Somus.

O show de abertura do "Áfricas na Gente" para a comunidade de Cajazeiras está previsto para o dia 08 de julho, na Praça Regina Guimarães - Fazenda Grande III. Os festivais nas escolas (com oficinas artísticas, rodas de conversa e shows) serão realizados entre os meses de julho a novembro. Já o encerramento do projeto culminará em um grande show no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras com o lançamento da coletânea musical de artistas de Rede Somus, no dia 25 de novembro.

SAIBA MAIS

Lei 10.639/03- alterada pela Lei 11.645/08, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio.
Lei 11.769/08- que torna a música conteúdo obrigatório do componente curricular em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio.

Vovó Cici- Nanci de Souza Silva. Ebomi Cici de Oxalá. Vovó Cici - No Espaço Cultural Pierre Verger, Vovó Cici trabalha com crianças em situação de alto risco e com pesquisadores da cultura afro-brasileira. Já se apresentou em diversas cidades brasileiras e também fora do Brasil, como em Cuba, França e nos Estados Unidos, com suas contações de histórias. Trabalhou durante muito tempo com o fotógrafo Pierre Verger, fazendo legenda para 11 mil fotografias ligadas à cultura afro-brasileira e a Benin, Togo, Gana, Nigéria e África do Norte.

Mateus Aleluia- (nascido em Cachoeira) é um cantor e compositor brasileiro, remanescente da formação original do conjunto musical Os Tincoãs.
Rede Somus- A Rede Somus é um grupo colaborativo com cerca de mil profissionais criado em 2014 que busca a criação de novas oportunidades de atuação no setor cultural, e aspira formar plateia para os diversos estilos musicais realizados e movimentar o cenário musical da Bahia.

Por que Cajazeiras? Cajazeiras é um conjunto habitacional de Salvador, na Bahia, com 600 mil habitantes e intenso comércio. Foi o primeiro bairro planejado de Salvador. É o segundo bairro mais habitado de Salvador (atrás de Brotas), e também o segundo em população de etnia negra (atrás de Pernambués). É considerado o maior bairro da América Latina, computando os outros setores que fazem parte do bairro, o que não é unanimidade. Compõe-se dos setores: Cajazeiras 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 10 e 11, Fazenda Grande 1, 2, 3 e 4, Águas Claras e Boca da Mata. A relevância deste projeto é destinar as ações para as escolas estaduais da região de Cajazeiras e assim dar acesso a esta comunidade aos bens culturais, pois sabemos que apesar dos esforços públicos e privados de levar projetos artísticos para esta região, o acesso desta população a espetáculos, shows, lançamentos de livros, oficinas de artes, entre outros ainda é escasso.

SERVIÇO
*LANÇAMENTO DO PROJETO COM RODAS DE CONVERSA com o tema "Áfricas na Gente".
Data: 22 de maio (segunda-feira)
Local: Teatro Xisto
Horário: 15h30 às 18h30
Ingresso: "Pague Quanto Quiser"

*SHOW DE ABERTURA DO PROJETO
Data: 08 de julho (sábado)
Local: Praça Regina Guimarães- Fazenda Grande III, Cajazeiras
Horário: 15h

*FESTIVAIS NAS ESCOLAS, DE JULHO A NOVEMBRO

*SHOW DE LANÇAMENTO DA COLETÂNEA
Data: 25 de novembro (sábado)
Local: Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras
Horário: a definir

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade