3 eventos ao vivo

Realidade da venda parcelada no mercado brasileiro

A exigência da opção de compra parcelada no cartão de crédito no Brasil é tão comum que ecoa como uma obrigação para os comerciantes.

9 nov 2018
12h48
  • separator
  • comentários

No Brasil a compra parcelada é uma prática muito comum entre os comerciantes e o consumidor. Mesmo quando o valor da compra é baixo, os brasileiros fazem questão de parcelar a compra, em o máximo de vezes permitido pela loja. Muitas vezes esse parcelamento não compensa por conta das taxas excessivas de juros, porém mesmo assim a compra no cartão de crédito é feita sem pensar duas vezes.

Foto: DINO / DINO

Fora do Brasil esse método de pagamento não é comum, apesar das taxas de juros serem mais baixas que as daqui. Por exemplo, algumas lojas nos Estados Unidos até aceitam fazer um parcelamento direto (financiamento) usando o cartão de crédito, mas para isso o cliente precisa ser cidadão americano e ainda passar por uma rigorosa análise de crédito. Como as taxas de juros são superbaixas, não compensa para o lojista oferecer essa opção de pagamento.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), 34,7% das pessoas que saem de casa para realizar compras afirmam que vão pagar no crédito, antes mesmo de saber o preço do produto. É evidente que qualquer lojista interessado no mercado brasileiro precisa oferecer essa opção de pagamento. Um levantamento divulgado pela Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito) mostra que 70% das pessoas que realizaram a compra parcelada no cartão de crédito afirmam que não teriam feito se a loja não oferecesse essa opção. E revela também que 60% da população brasileira que são consumidores de cartões de crédito fazem compras parceladas todos os meses. Até os lojistas, muitas vezes, preferem fazer suas próprias vendas no crediário com o intuito de fugir das taxas altas e poder fidelizar seus clientes, pois com o cartão de crédito ele não guarda nenhuma informação do cliente.

Para os comerciantes, essa opção de pagamento não é ruim, pois facilita a decisão de compra do consumidor, e estimula-o  a comprar mais, e ainda consegue fidelizá-lo em sua loja. Além disso, pode aumentar o ticket médio da loja, porque, geralmente, os brasileiros só consideram o valor da parcela para encaixar no seu orçamento mensal, e não o valor total da compra.

Identificando esse mercado em ascensão, muitas empresas, Fintechs, estão inovando e criando novas opções de pagamento à crédito para o lojista oferecer ao seu cliente. Um exemplo disso é a Neopag, a primeira plataforma de cartões de crédito (private label) do mundo. É uma solução completa que faz desde a análise de crédito do cliente, a fidelização e a cobrança. A empresa criou uma forma de pagamento em que o lojista oferece mais do que uma comodidade para o cliente, um produto financeiro. Uma ideia inovadora que elimina intermediários (bancos) e fortalece o mercado local.

A Neopag é uma plataforma, para celular, tablet e computador, de baixo custo para fidelização de cliente e gestão de concessão de crédito próprio com baixo risco e mais segurança para o cliente e comerciante. A plataforma disponibiliza o plano gratuito que permite o uso com até 5 clientes. 



Website: https://www.neopag.com/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade