1 evento ao vivo

PVH Corp. Nomeia Stefan Larsson ao Novo Cargo de Presidente

21 mai 2019
22h47
atualizado em 6/6/2019 às 12h23
  • separator
  • comentários

PVH Corp. [NYSE:PVH], uma das maiores empresas de vestimentas do mundo e proprietária de marcas icônicas, incluindo CALVIN KLEIN, TOMMY HILFIGER, Van Heusen, Speedo, e IZOD, anunciaram hoje a nomeação de Stefan Larsson para o novo cargo de Presidente, PVH Corp. no dia 3 de junho de 2019. O Sr. Larsson terá a responsabilidade de gerenciar os negócios e regiões da PVH, com cada um dos três CEOs da marca, e os presidentes regionais se reportarão a ele. Ele se reportará a Emanuel Chirico, presidente e CEO da PVH. Em conexão com este anúncio, o Sr. Chirico assinou um novo contrato de trabalho com a empresa por cinco anos.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20190521006006/pt/

PVH Corp. announced leadership updates, including Chairman and CEO Manny Chirico signing a new five- ...

PVH Corp. announced leadership updates, including Chairman and CEO Manny Chirico signing a new five-year employment agreement and hiring Stefan Larsson as PVH President, a newly created role. (Photo: Business Wire)

Henry Nasella, diretor presidente da PVH, comentou que: "Com a assinatura do novo contrato de trabalho de Manny e a contratação de Stefan ao novo cargo de presidente, acreditamos que a PVH está extremamente bem posicionada em uma perspectiva de liderança e sucessão gerencial para continuar executar nossos planos estratégicos no futuro."

O Sr. Larsson foi, recentemente, CEO da Ralph Lauren Corp., onde refinou a empresa com sucesso, o que a tornou icônica, melhorou seu desempenho e definiu o caminho para o crescimento futuro. Antes disso, o Sr. Larsson atuou como presidente global da Old Navy, uma divisão da Gap Inc., e ajudou a Old Navy a entregar 12 trimestres consecutivos de crescimento lucrativo, adicionando US$ 1 bilhão em vendas lucrativas. Ao longo de quase 15 anos, Larsson fez parte da equipe que ampliou as vendas da varejista sueca Hennes & Mauritz (H&M) de US$ 3 bilhões para US$ 17 bilhões e expandiu as operações da empresa de 12 para 44 países.

"O talento e histórico operacional de Stefan fazem dele um forte acréscimoàequipe de gerenciamento sênior da PVH," disse Emanuel Chirico, presidente e CEO. "Ele é altamente considerado por seu foco estratégico, liderança comprovada e experiência global na condução da transformação e construção de marca em um cenário de consumo cada vez mais dinâmico e em constante mudança. Como nosso presidente, tenho certeza de que Stefan é excepcionalmente qualificado para ajudar a impulsionar nosso crescimento global liderando com sucesso nossas regiões e marcas para executar nossas prioridades estratégicas e entregar um crescimento consistente em resultados e retornos aos nossos acionistas."

Stefan Larsson comentou: "A PVH é uma empresa excepcional e possui algumas das marcas de estilo de vida mais icônicas do mundo. Faz muito tempo que admiro o que Manny e a equipe de gerenciamento da PVH alcançaram, com um histórico de aquisições bem-sucedidas e transformadoras, criação de marca, reinvenção e inovação excepcionais, plataformas operacionais fortes e conexão com seus consumidores. Estou ansioso para contribuir com o poder da PVH e em parceria com toda a equipe de liderança para impulsionar os negócios."

Sobre a PVH Corp.

A PVH é uma das empresas de moda e estilo de vida mais admiradas do mundo. Nós impulsionamos marcas que impulsionam a moda para frente, para sempre. Nosso portfólio de marcas inclui o icônico CALVIN KLEIN, TOMMY HILFIGER, Van Heusen, IZOD, ARROW, Speedo*, Warner's, Olgae Geoffrey Beene marcas, bem como digital-centric True & Co. marca íntima. Comercializamos uma variedade de produtos sob essas e outras marcas próprias e licenciadas nacional e internacionalmente conhecidas. A PVH tem mais de 38.000 associados operando em mais de 40 países e US$ 9,7 bilhões anuais em receitas. Esse é o nosso poder. Esse é o poder da PVH.

*A Speedo é uma marca que tem licença na América do Norte e no Caribe em perpetuidade da Speedo International Limited.

DECLARAÇÃO DE PORTO SEGURO SOB A LEI DE REFORMA DE LITÍGIO DE TÍTULOS PRIVADOS DE 1995: Declarações prospectivas contidas neste comunicado de imprensa, incluindo, sem limitação, declarações relacionadas aos planos, estratégias, objetivos, expectativas e intenções futuras da Empresa, são feitas de acordo com as disposições de porto seguro da Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados de 1995. Os investidores são advertidos de que tais declarações prospectivas estão inerentemente sujeitas a riscos e incertezas, muitas das quais não podem ser previstas com precisão e algumas das quais podem não ser previstas, incluindo, sem limitação ( i) os planos, estratégias, objetivos, expectativas e intenções da Empresa estão sujeitos a alterações a qualquer momento, a critério da Empresa; (ii) a Empresa pode ser considerada altamente alavancada e usa uma parcela significativa de seus fluxos de caixa para atender sua dívida, resultando em que a Empresa pode não ter fundos suficientes para operar seus negócios da maneira que pretende ou tem operado no passado; (iii) os níveis de vendas de vestimenta, calçados e afins da Empresa, tanto para seus clientes atacadistas como em suas lojas de varejo, os níveis de vendas dos concessionários da Empresa no atacado e varejo, e a extensão dos descontos e preços promocionais em que a Empresa e seus concessionários e outros parceiros de negócios são obrigados a contratar, todos os quais podem ser afetados por condições climáticas, mudanças na economia, preços de combustível, reduções de viagens, tendências de moda, consolidações, reposicionamentos e falências nos setores de varejo, reposicionamento de marcas pelos licenciadores da Empresa e outros fatores; (iv) a capacidade da empresa de gerenciar seu crescimento e estoque, incluindo a capacidade da empresa de obter benefícios de aquisições, como as aquisições pendentes identificadas neste comunicadoàimprensa; (v) restrições de cotas, imposição de controles de salvaguardas e imposição de direitos ou tarifas sobre bens dos países onde a Empresa ou seus concessionários produzem mercadorias sob suas marcas, qualquer uma das quais, entre outras coisas, poderia limitar a capacidade de produzir produtos em países com boa relação custo-benefício ou em países que possuem o conhecimento trabalhista e técnico necessário; (vi) a disponibilidade e custo de matérias-primas; (vii) a capacidade da empresa de se ajustar oportunamente às mudanças nas regulamentações comerciais eàmigração e desenvolvimento de fabricantes (o que pode afetar a melhor maneira de produzir os produtos da empresa); (viii) mudanças na capacidade de fábrica e transporte disponíveis, escalada de custos salariais e de transporte, conflitos civis, atos de guerra ou terrorismo, ameaça de qualquer dos precedentes ou instabilidade política ou trabalhista em qualquer um dos países onde a Empresa ou seus concessionários ou os produtos de outros parceiros de negócios são vendidos, produzidos ou planejados para serem vendidos ou produzidos; (ix) epidemias de doenças e preocupações relacionadasà saúde, que poderiam resultar em fábricas fechadas, redução da força de trabalho, escassez de matérias-primas e fiscalização ou embarque de mercadorias produzidas em áreas infectadas, bem como redução do tráfego de consumidores e compras, conforme os consumidores adoecem ou limitam ou deixam de fazer compras para evitar a exposição; (x) aquisições e alienações, e questões decorrentes de aquisições, desinvestimentos e transações propostas, incluindo, sem limitação, a capacidade de integrar uma entidade ou negócio adquirido na Empresa sem nenhum efeito adverso substancial sobre a entidade adquirida, os negócios adquiridos ou as operações existentes na Empresa, as relações com funcionários, as relações com fornecedores, o relacionamento com clientes ou desempenho financeiro, e a capacidade de operar de forma eficaz e lucrativa, os negócios contínuos da Empresa após a venda ou outra disposição de uma subsidiária, negócio ou seus ativos; (xi) a falha dos concessionários da Empresa em comercializar produtos concessionários com sucesso ou preservar o valor das marcas da Empresa, ou o uso indevido das marcas da Empresa; (xii) flutuações significativas do dólar norte-americano em relação a moedas estrangeiras nas quais a Empresa realiza níveis significativos de transações comerciais; (xiii) as despesas do plano de aposentadoria da Empresa registradas ao longo do ano são calculadas utilizando avaliações atuarias que incorporam premissas e estimativas sobre as condições financeiras, econômicas e demográficas do mercado, e diferenças entre os resultados estimados, e os resultados reais geram ganhos e perdas, que podem ser significativos, que são registrados imediatamente no resultado, geralmente no quarto trimestre do ano; (xiv) o impacto de legislação e regulamentos tributários novos e revisados, particularmente a Lei de Cortes de Impostos e Empregos dos EUA de 2017, que poderia afetar desproporcionalmente a Empresa em comparação com alguns de seus pares devidoàestrutura tributária específica da Empresa e sua maior porcentagem de receitas e rendimentos gerados fora dos EUA, e a legislação promulgada na Holanda conhecida como "Plano Fiscal Holandês de 2019"; e (xv) outros riscos e incertezas indicados de tempos em tempos nos registros da Empresa juntoàSEC, Securities and Exchange Commission (Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio).

A Empresa não assume qualquer obrigação de atualizar publicamente qualquer declaração prospectiva, seja como resultado do recebimento de novas informações, eventos futuros ou de outra forma.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20190521006006/pt/


Contato:

PVH Corp.

Dana Perlman

Tesoureiro, vice-presidente sênior de Desenvolvimento de Negócios e Relações com Investidores

(212) 381-3502

communications@pvh.com


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade