0

PME: como fazer uma campanha de marketing com até R$ 1.000

Comtele mostra como empresas com orçamento reduzido podem distribuir seu budget entre diferentes ferramentas

28 jun 2017
16h31
  • separator
  • comentários

Em momentos de aperto econômico como o atual, o marketing das empresas costuma ser jogado para segundo plano. Mas se propaganda é a alma do negócio, o que fazer quando a grana é curta? A resposta é simples: investir em opções com um custo acessível. Segundo Pâmela Ribeiro, gerente de estratégia da Comtele, empresa especializada na distribuição de campanhas de marketing, com um orçamento de R$ 1.000 é possível obter um resultado satisfatório na divulgação de um negócio.

Foto: DINO

"O segredo é saber com quem se quer falar, ter uma estratégia clara de divulgação e escolher as ferramentas ideais para alcançar o resultado esperado", conta Pâmela. Abaixo, ela mostra quatro maneiras econômicas e eficientes de se comunicar com clientes em potencial:

SMS
A partir de um banco de contatos construído pelo cliente, é possível realizar uma comunicação direta, apresentando novos produtos, lançando promoções, interagindo em tempo real ou só retomando o contato por meio de uma mensagem personalizada. "É possível enviar 8 mil mensagens por R$ 640, ou seja, em menos de cinco minutos clientes são contatados de forma efetiva, personalizada e direta", diz a gerente de estratégia da Comtele.

E-mail
Assim como no caso do SMS, uma campanha de e-mail marketing também depende de uma rede de contatos da empresa. Aqui, a vantagem é poder explorar uma quantidade maior de recursos, como textos mais longos, imagens, etc. O envio de 100 mil e-mails pela Comtele, por exemplo, sai por R$ 270.

AdWords
Mesmo com um investimento baixo, é possível comprar algumas palavras-chave e garantir a presença do site da empresa na primeira página de buscas relacionadas do Google. O preço de cada palavra varia de acordo com a demanda pelo termo, mas costuma girar entre R$ 1 e R$ 3 por clique. Neste caso, no melhor cenário o investimento de R$ 1.000 alcançaria mil pessoas.

Redes sociais
O investimento em redes sociais, por sua vez, ajuda a dar credibilidade para a marca. Nesse caso, não há necessidade de uma campanha específica, basta que exista um bom trabalho de produção de conteúdo relacionado ao ramo de atuação. No caso do Facebook, por exemplo, o custo de alcance por pessoa de um post impulsionado varia entre R$ 0,10 e R$ 1, dependendo da segmentação desejada. A mensagem, então, seria visualizada por até dez mil usuários.

Pâmela lembra que, após o investimento inicial em marketing, é necessário analisar o retorno. Enquanto SMS e e-mail são ferramentas diretas, que falam com um público específico, AdWords e redes sociais atuam com uma rede mais ampla. "O ideal é combinar as ferramentas e verificar quais canais utilizados trouxeram os melhores resultados. Então, a partir daí, planejar uma melhor distribuição do investimento no futuro", recomenda ela.

Sobre a Comtele
Empresa especializada na distribuição de campanhas de marketing por SMS e e-mail. Fundada em 2007, a Comtele facilita o acesso de empresas de todos os portes a ferramentas de marketing capazes de alavancar seus produtos, serviços e promoções com um orçamento restrito, por meio de um modelo pré-pago sem restrição de tempo para uso.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade