1 evento ao vivo

Pierre Fabre e sua parceira Array BioPharma anunciam mediana de 15,3 meses na sobrevida global observada no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe e Erbitux®em ...

19 jan 2019
05h09
atualizado em 20/1/2019 às 18h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Pierre Fabre e sua parceira Array BioPharma anunciam mediana de 15,3 meses na sobrevida global observada no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe e Erbitux®em pacientes com câncer colo-retal metastático com mutação BRAF.

Pierre Fabre anunciou hoje os resultados atualizados de segurança e eficácia, incluindo a sobrevida global (OS) madura, do safety lead in do estudo fase 3 BEACON CRC, que avalia a tríplice combinação de encorafenibe, um inibidor do BRAF, binimetinibe, um inibidor do MEK e ERBITUX® (cetuximabe), um anticorpo anti-EGFR, em pacientes com câncer colorretal (CRC) metastático com mutação BRAFV600E. Os resultados mostraram que a mediana de sobrevida global madura foi de 15,3 meses (CI 95%, 9,6 - não atingida) para pacientes tratados com a terapia tríplice combinada . Estes dados serão apresentados no sábado, 19 de janeiro, no Simpósio de Câncer Gastrointestinal ASCO 2019, em San Francisco, Califórnia.

A mediana de sobrevida livre de progressão (mPFS) e a taxa de resposta objetiva (ORR) atualizadas e confirmadas para pacientes tratados com o a tríplice combinação permaneceram os mesmas previamente relatadas com mPFS de 8 meses (CI de 95%, 5,6 - 9,3) e ORR de 48% (CI de 95%, 29,4 - 67,5). Os 17 pacientes que receberam apenas uma linha anterior de terapia, a ORR foi de 62%.

"Estamos muito satisfeitos de ver estes dados encorajadores do estudo BEACON CRC, no qual a mediana de 15,3 meses de sobrevida global madura representa uma melhoria acentuada em comparação com os atuais padrões de tratamento de pacientes com câncer colorretal metastático com mutação BRAF-", disse Josep Tabernero, MD, PhD, principal pesquisador do estudo BEACON CRC e diretor do Instituto de Oncologia Vall d'Hebron em Barcelona, Espanha. "Estes dados mais recentes nos aproximam do entendimento do potencial pleno desta tríplice terapia, como uma possível nova opção de tratamento para estes pacientes."

A mutação BRAF está presente em até 15% de todos os pacientes com mCRC e o V600E é a mutação BRAF mais comum.1-5Pacientes com mCRC com mutação BRAFV600E- têm um risco de mortalidade de mais que o dobro dos pacientes com mCRC sem mutação e atualmente não há terapias aprovadas pela Comissão Europeia (CE), especificamente indicadas para esta população com necessidades não atendidas.3-10

Os eventos adversos mais comuns de grau 3 ou 4, observados em pelo menos 10% dos pacientes, foram fadiga (13%), anemia (10%), aumento da creatinofosfoquinase (10%), aumento de aspartato aminotransferase (10%) e infecções do trato urinário (10%). A taxa de toxicidade cutânea de grau 3 ou 4 continuou a ser inferioràgeralmente observada com ERBITUX no mCRC.

"Os dados atualizados e encorajadores de sobrevida global do estudo BEACON CRC claramente demonstram o potencial terapêutico da tríplice combinação de encorafenibe, binimetinibe e ERBITUX para o tratamento de pacientes com câncer colorretal metastático com mutação BRAFV600E-, um câncer notoriamente difícil de tratar", disse Frédéric Duchesne, presidente e diretor executivo da divisão de produtos farmacêuticos da Pierre Fabre. "Estamos extremamente satisfeitos com estes resultados recentes, que estão alinhados com nossa estratégia de P&D com alvo nos tipos de câncer em que existe maior necessidade de tratamento pelos pacientes com ênfase nos tratamentos orientados por biomarcadores."

Em 20 de setembro de 2018, a CE concedeu autorização de comercialização àassociação de encorafenibe e binimetinibe para tratamento de doentes adultos com melanoma metastático ou irressecável com mutação BRAFV600, conforme detectada por um teste validado.11,12 A decisão da CE é aplicável a todos os 28 estados-membros da União Europeia, além de Liechtenstein, Islândia e Noruega.

Em 7 de agosto de 2018, o Food and Drug Administration (FDA) dos EUA concedeu a designação de Terapia Inovadora ao encorafenibe, em combinação com o binimetinibe e o ERBITUX para o tratamento de pacientes com câncer colorretal metastático com mutação BRAFV600E-, detectado por um teste aprovado pelo FDA, após falha de uma a duas linhas anteriores da terapia para doença metastática.13

A tríplice combinação de encorafenibe, binimetinibe e ERBITUX para o tratamento de pacientes com câncer colorretal metastático com mutação BRAFV600E é investigacional e não aprovada pela CE.

Sobre o câncer colorretal
No mundo inteiro, o câncer colorretal é o terceiro tipo mais comum de câncer em homens e o segundo mais comum em mulheres, com cerca de 1,4 milhão de novos diagnósticos em 2012. No mundo em 2012, cerca de 694 mil mortes foram atribuídas ao câncer colorretal.14 Só nos EUA, estima-se que 140.250 pacientes serão diagnosticados com câncer de cólon ou reto (CCR) em 2018 e cerca de 50 mil morrerão devido a esta doença.15Estima-se que as mutações do BRAF ocorram em 10% a 15% dos pacientes com câncer colorretal metastático e representam mau prognóstico para estes pacientes.1-5 A mutação V600 é a mutação BRAF mais comum e o risco de mortalidade em pacientes com CCR com a mutação BRAFV600E é mais de duas vezes maior do que naqueles com o BRAF de tipo agressivo.1,10,16 Vários regimes contendo irinotecano e cetuximabe, semelhantes ao braço controle do BEACON CRC, estabeleceram referências históricas em pacientes com câncer colorretal metastático com mutação BRAFV600E-, cuja doença progrediu após uma ou duas linhas anteriores de terapia. Estas referências incluem ORR de 4% a 8%, mPFS de 2 a 3 meses e mediana de OS de de 4 a 6 meses.

Sobre o BEACON CRC
BEACON CRC é um estudo randomizado, aberto e global, que avalia a eficácia e segurança de encorafenibe, binimetinibe e ERBITUX em pacientes com câncer colorretal metastático com mutação BRAFV600E-, cuja doença progrediu após um ou dois regimes de tratamento anteriores. O BEACON CRC é o primeiro e único estudo de fase 3 idealizado para testar uma terapia direcionada da combinação BRAF/MEK no câncer colorretal metastático com mutação BRAFV600E . Trinta pacientes foram tratados no safety lead in e receberam a a tríplice combinação (300 mg por dia de encorafenibe, 45 mg duas vezes por dia de binimetinibe e ERBITUX de acordo com a bula). Dos 30 pacientes, 29 apresentaram mutação BRAFV600. O MSI-H, resultante do reparo defeituoso do DNA, foi detectado em apenas um paciente. Como anunciado anteriormente, a tríplice combinação demonstrou boa tolerância, apoiando o início da randomização do estudo. A parte randomizada do estudo clínico BEACON CRC destina-se a avaliar a eficácia de encorafenibe em associação com o ERBITUX, com ou sem o binimetinibe, em comparação com a terapiaàbase de ERBITUX e irinotecano. Espera-se que cerca de 615 pacientes sejam randomizados na proporção 1:1:1 para receber a tríplice combinação, a dupla combinação (encorafenibe e ERBITUX) ou o braço controle (terapia baseada em irinotecano e ERBITUX). O estudo foi emendado para incluir uma análise interina de desfechos , incluindo a ORR. O desfecho primário de de sobrevida global é uma comparação da tríplice combinação com o braço controle. Os desfechos secundários tratam da eficácia da dupla combinação em comparação com o braço controle e a trílplice combinação do tripleto em comparação com a terapia dupla. Outros desfechos secundários incluem a PFS, duração de resposta, segurança e tolerância. Dados de qualidade de vida relacionadosàsaúde também serão avaliados. O estudo está sendo realizado em mais de 200 centros de pesquisa na América do Norte, América do Sul, Europa e região da Ásia-Pacífico. O recrutamento para o estudo foi concluída em 2018. O estudo BEACON CRC está sendo realizado com o apoio da Ono Pharmaceutical Co., Pierre Fabre e Merck KGaA, Darmstadt, Alemanha (o apoio é para locais fora da América do Norte).

Sobre o BRAFTOVI (encorafenibe) e o MEKTOVI (binimetinibe)
O encorafenibe é um inibidor oral de moléculas pequenas da quinase BRAF e o binimetinibe inibidor oral de moléculas pequenas do MEK, que tem como alvo as principais enzimas na via de sinalização MAPK (RAS-RAF-MEK-ERK). Demonstrou-se que a ativação inapropriada de proteínas nesta via ocorre em muitos tipos de câncer, incluindo o melanoma, câncer colorretal, câncer de pulmão de células não pequenas e outros.

Na Europa, a combinação é aprovada para pacientes adultos com melanoma irressecável ou metastático com a mutação BRAFV600, detectado por um teste validado. Em 27 de junho de 2018, a parceira da Pierre Fabre, a Array BioPharma, que detém os direitos exclusivos para estes medicamentos nos EUA, anunciou que a combinação do encorafenibe e binimetinibe foi aprovada pelo Food and Drug Administration (FDA) dos EUA para o tratamento de melanoma irressecável ou metastático com a mutação BRAFV600E ou BRAFV600K, detectados por um teste aprovado pelo FDA.18,19 Encorafenibe não é indicado para o tratamento de pacientes com melanoma BRAF do tipo selvagem. O encorafenibe e o binimetinibe também receberam a aprovação regulatória no Japão. A Swiss Medicines Agency (Swissmedic) está revendo atualmente os pedidos de autorização de comercialização para o encorafenibe e binimetinibe apresentados pela Pierre Fabre.

Sobre PIERRE FABRE
Com uma linha de produtos que representa um continuo de atividades que vão desde medicamentos de prescrição,passando por medicamentos de venda livre e chegando até os dermocosméticos, Pierre Fabre é o 2º maior laboratório dermocosmético do mundo, o 2º maior grupo farmacêutico privado da França e líder de mercado na França em medicamentos de venda livre em farmácias. Seu portfólio inclui diversas marcas e franquias globais, como Eau Thermale Avène, Klorane, Ducray, René Furterer, A-Derma, Galénic, Elancyl, Naturactive, Pierre Fabre Health Care, Pierre Fabre Oral Care, Pierre Fabre Dermatologie e Pierre Fabre Oncologie.

Em 2017, Pierre Fabre teve um faturamento de 2.318 milhões de euros, dos quais 62% vieram de seus negócios internacionais e 61% da divisão de dermocosméticos. Pierre Fabre, sempre manteve sua sede no Sudoeste da França e conta com cerca de 13.500 empregados no mundo, possui subsidiárias e escritórios em 47 países e tem acordos de distribuição em mais de 130 países. Em 2017, Pierre Fabre destinou cerca de 175 milhões de euros a seus esforços de P&D, divididos entre oncologia, sistema nervoso central, produtos OTC, dermatologia e dermocosméticos.

Pierre Fabre tem 86% da posse de suas ações com a Pierre Fabre Foundation, uma fundação de interesse público reconhecida pelo governo e, em seguida, por seus próprios funcionários por meio de um plano internacional de distribuição de ações.

O grupo francês independente AFNOR auditou Pierre Fabre sobre sua política corportativa de responsabilidade social e lhe atribuiu o nível "exemplar", conforme a norma ISO 26000 para CSR.

www.pierre-fabre.com
@PierreFabre

Referências
[1] Sorbye H, et al. PLoS One. 2015;10(6):e0131046.
[2] Vecchione L, et al. Cell. 2016;165(2):317-330.
[3] Saridaki Z, et al. PLoS One. 2013;8(12):e84604.
[4] Loupakis F, et al. Br J Cancer. 2009;101(4):715-721.
[5] Corcoran RB, et al. Cancer Discov. 2012;2(3):227-235.
[6] Kopetz et al. J Clin Onc.2017;35(15):3505-3505.
[7] De Roock W, et al. Lancet Oncol. 2010;11(8):753-762.
[8] Ulivi P, et al. J Transl Med. 2012;10:87.
[9] Peeters et al. J Clin Onc.2014; 32(15):3568-3568.
[10] Ardekani R, et al. PLoS One. 2012;7(7):e40506.
[11] European Medicines Agency. BRAFTOVI® Summary of Product Characteristics, novembro de 2018. Disponível em: https://www.ema.europa.eu/documents/product-information/braftovi-epar-product-information_en.pdf. Acessado em janeiro de 2019.
[12] European Medicines Agency. MEKTOVI® Summary of Product Characteristics, novembro de 2018. Disponível em: https://www.ema.europa.eu/documents/product-information/mektovi-epar-product-information_en.pdf. Acessado em janeiro de 2019.
[13] Array BioPharma. Array Biopharma Receives FDA Breakthrough Therapy Designation For Braftovi™ In Combination With Mektovi® And Cetuximab For BRAFV600E-Mutant Metastatic Colorectal Cancer. Disponível em: http://investor.arraybiopharma.com/news-releases/news-release-details/array-biopharma-receives-fda-breakthrough-therapy-designation. Acessado em janeiro de 2019.
[14] Global Cancer Facts & Figures 3rd Edition. American Cancer Society. Disponível em: https://www.cancer.org/content/dam/cancer-org/research/cancer-facts-and-statistics/global-cancer-facts-and-figures/global-cancer-facts-and-figures-3rd-edition.pdf
. Acessado em janeiro de 2019.
[15] Cancer Facts & Figures 2018. American Cancer Society. Disponível em: https://www.cancer.org/content/dam/cancer-org/research/cancer-facts-and-statistics/annual-cancer-facts-and-figures/2018/cancer-facts-and-figures-2018.pdf. Acessado em janeiro de 2019.
[16] Safaee Ardekani G, et al. PLoS One. 2012;7(10):e47054.
[17] Seymour MT, et al. Lancet Oncol. 2013;14(8):749-759 (apêndice complementar).
[18] Array BioPharma. BRAFTOVI® US Prescribing Information 2018. Disponível em: https://www.accessdata.fda.gov/drugsatfda_docs/label/2018/210496lbl.pdf. Acessado em janeiro de 2019.
[19] Array BioPharma. MEKTOVI® US Prescribing Information 2018. Disponível em: https://www.accessdata.fda.gov/drugsatfda_docs/label/2018/210498lbl.pdf. Acessado em janeiro de 2019.

###

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20190118005556/pt/


Contato:

Pierre Fabre

Valérie Roucoules

(33) 1 49 10 83 84

valerie.roucoules@pierre-fabre.com


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade