0

Novas habilidades: descubra as vantagens do ensino musical para jovens

Como o ensino musical para jovens envolve a memória, a melhora das capacidades cognitivas é um grande exemplo de benefício para o cérebro.

22 jan 2019
18h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Desenvolver novas habilidades, perder a timidez, fazer novas amizades e até mesmo aperfeiçoar a técnica do instrumento são algumas das vantagens do ensino musical para jovens. Seja na escola ou como uma atividade complementar em algum outro espaço, o importante é permitir esse contato com a arte para que a partir dela possam evoluir como pessoas e profissionais. Especialmente na adolescência, momento em que geralmente as responsabilidades não são tão grandes, ocupar o dia a dia é muito importante. Além de agregar conhecimentos de grande importância no futuro, essa é uma oportunidade de se ocupar e começar a descobrir gostos pessoais.

Foto: DINO / DINO

A Jubi , fabricante de órgãos eletrônicos , afirma que aprender a tocar um novo instrumento é essencial por uma série de fatores. Mesmo quando o intuito não é se tornar um músico profissional, essa experiência pode contribuir para combater o estresse, aumentar a capacidade de concentração, bem como coordenação motora e disciplina. "Engana-se quem pensa que só as pessoas que pretendem seguir carreira devem buscar aulas para aprender a tocar um instrumento musical. Muito pelo contrário, a música é capaz de favorecer o estímulo de várias aptidões que serão essenciais para a vida adulta", reforça. Como o ensino musical para jovens é uma prática que envolve a memória, a melhora das capacidades cognitivas é um grande exemplo de benefício para o cérebro.

Outro ponto muito interessante quando se fala em ensino musical para jovens, é a capacidade de organização e gestão do tempo. Com uma rotina de aulas e exercícios a serem aperfeiçoados, nada melhor do que fazer um planejamento para conseguir evoluir sempre mais. Geralmente, as aulas são realizadas em grupo e principalmente quando há vários instrumentos, o trabalho em equipe se torna uma característica forte e que precisa ser levada em consideração. Respeitar o tempo de aprendizado dos colegas, bem como se beneficiar das dicas que eles possam dar é um exercício bem interessante e que pode ser levado futuramente ao ambiente de trabalho, por exemplo.

O processo de ensino musical para jovens nem sempre é tão fácil. As dificuldades dos alunos podem parecer empecilhos, mas a perseverança em conseguir realizar tudo o que é proposto certamente tem muito a mostrar. Levando esse ensinamento para a vida adulta, as chances de os projetos serem bem-sucedidos é bem grande, formando bons profissionais. Ler corretamente uma partitura e conseguir executar aquilo que está demonstrado em símbolo também exige bastante leitura e compreensão, sem contar na concentração. Estar atento a questões como manter a afinação, o tom, o tempo e o ritmo irá permitir que a música seja tocada de maneira harmoniosa e agrade a todos ao redor, sem contar no grande ensinamento de disciplina e paciência para o próprio músico.

A própria habilidade de falar em público costuma ser uma grande dificuldade para muitas pessoas. Quando o ensino musical para jovens é trabalho de forma correta, até isso pode ser estimulado. As apresentações realizadas, nada mais são do que uma oportunidade de mostrar ao músico que isso é possível. Como vários são os alunos que irão tocar, o fato de não estar sozinho ajuda a ter esse primeiro contato, o que pode impulsionar a realização de eventos maiores. Independentemente do instrumento escolhido, o importante é explorar todos esses benefícios que ajudarão na formação de pessoas ainda mais preparadas, não só para o mercado de trabalho, como também para as relações pessoais.



Website: http://www.jubi.com.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade