1 evento ao vivo

Mercado imobiliário refloresce na zona oeste de São Paulo

A região tem sido palco de um grande número de lançamentos de bom padrão e de várias tipologias

30 jun 2020
15h46
atualizado às 19h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Boêmia, universitária e jovem, mas, ao mesmo tempo, tradicional. Essa é a zona oeste da capital paulista, plena facilidades, serviços e lazer para quem nela habita. Na área de transportes, é servida por grandes avenidas, linhas de ônibus que a conectam a toda a cidade, por várias estações de metrô e até mesmo por um terminal rodoviário, o da Barra Funda. Oferece várias opções gastronômicas, de bares e de compras em sua área, com shoppings, supermercados e lojas de todos os tipos. A região tem sido palco de um grande número de lançamentos de bom padrão e de várias tipologias, inclusive na Avenida Rebouças. Entretanto, é preciso saber aproveitar as vantagens imobiliárias que oferece por meio de plataformas e corretores que conhecem os locais mais valorizados e em alta. Conheça os atrativos de quatro bairros da região.

Pinheiros - Considerado por muitos como o bairro mais antigo de São Paulo, começou a surgir em 1562, quando índios ocuparam o local conhecido como Largo da Batata. No entanto, o desenvolvimento do bairro situado ao longo do Rio Pinheiros só ocorreria a partir do início do século 20. Hoje, apresenta elevado padrão, tem agitada vida noturna com bares e restaurantes para todos os gostos bem como apresentação de espetáculos e peças no Sesc Pinheiros. Localizado perto de importantes avenidas, como Brigadeiro Faria Lima, Nações Unidas, Eusébio Matoso, Rebouças e Marginal Pinheiros, tem boas opções de transporte público. Abriga estações de metrô como Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho; é servido por shopping, supermercados, farmácias e comércio em geral. Vale lembrar que o nome do bairro é atribuído à suposta grande quantidade de araucárias que existiam na região.

Vila Madalena - Essa área de Pinheiros se tornou uma região boêmia pela grande oferta de bares e restaurantes, lojas e serviços sofisticados. Abriga até galerias de arte. A estação de metrô mais próxima é a Vila Madalena. Tem recebido lançamentos imobiliários residenciais e comerciais diferenciados em sintonia com o aspecto jovial e descolado do bairro.

Perdizes - Tradicional, é conhecido por ser um bairro de classe média e por abrigar a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Tanto ela quanto seu teatro, o Tuca, foram focos de resistência ao regime militar. Com boa infraestrutura de serviços e transporte, deverá abrigar estações da linha 6-Laranja do metrô. Hoje, pode ser acessado por meio das estações de metrô Sumaré, Clínicas e Barra Funda. Em sua área se encontra o Allianz Parque, estádio do Palmeiras, que também é palco de shows internacionais, o Parque da Água Branca e shoppings. Lançamentos imobiliários de elevado padrão também têm aparecido por lá.

Pompeia - Outro bairro tradicional, tem sido palco de um movimento de rejuvenescimento, pois apresenta uma grande atividade boêmia, com bares que atraem público jovem e boas opções gastronômicas. Além disso, está atraindo um grande número de lançamentos imobiliários que vão renovar o aspecto do bairro. Em sua área se encontra o Sesc Pompeia, um grande polo de atividades culturais, e uma boa infraestrutura de serviços e transporte. Pode ser acessado de metrô por meio das estações Barra Funda e Vila Madalena, comenta Fernando Nekrycz, CEO da Xaza.

Veja também:

'Passei a odiar meus pais': o relato de um homem submetido a tratamento de 'cura gay'
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade