0

Maranhão: Caixa anuncia que vai incluir custos de cartório e ITBI no financiamento de casas

10 ago 2020
11h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Caixa Econômica Federal anunciou que irá incluir os custos de cartório e do Imposto de Transferência de Bens Imóveis (ITBI) no financiamento imobiliário oferecido pela instituição financeira. No estado do Maranhão, estes custos são bastante relevantes, variando entre 2% e 5% do valor total do imóvel, aumentando o valor gasto por compradores de imóveis novos e usados em todo o estado.

A medida anunciada no começo de julho serve para imóveis cujo valor de avaliação vá até R$ 1,5 milhão e que sejam adquiridos com os valores do FGTS e da poupança. A alíquota do ITBI hoje é de 2% do valor total do imóvel, enquanto os custos cartoriais variam de região para região, normalmente sendo mais caro na capital. Em uma negociação imobiliária, estes valores são pagos pelo comprador.

Com a medida, a caixa busca ampliar a oferta do financiamento imobiliário às famílias brasileiras. Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, só em abril foram assinados mais de 3 mil contratos nos quais os custos já foram incluídos no financiamento, para que o banco testasse o modelo de financiamento. Agora, desde julho, a inclusão dos custos já está disponível para todos os clientes.

A estimativa da instituição é que os clientes deixem de pagar entre R$ 2,5 bi a R$ 5 bi em taxas que serão absorvidas pelo financiamento. Entretanto, há um limite para a porcentagem dessas taxas no valor total do imóvel. Se o cliente utilizar o FGTS para contratar o financiamento, o limite é de 5%. Se utilizar poupança, é de 4%, observando-se ainda a capacidade de cada comprador em pagar seus débitos.

Até a implantação desta medida pela Caixa, era muito comum que os compradores de imóveis tivessem dificuldades para pagar estas taxas e impostos. As taxas de cartório, por exemplo, devem ser pagas à vista. O ITBI, por sua vez, pode ser parcelado em muitos municípios, mas nem todos aceitam o pagamento do imposto em prestações.

O setor da construção civil comemora a decisão que aproxima as famílias do sonho do imóvel próprio. Com nove empreendimentos em comercialização, a construtora maranhense Dimensão Engenharia oferece a oportunidade para que os clientes escolham o imóvel mais adequado às suas necessidades e deem entrada no processo de financiamento imobiliário.

Para as construtoras, a Caixa Econômica também lançou medidas cujo intuito é aquecer o mercado e permitir maior liquidez nas operações, baixando a exigência de comercialização mínima de unidades habitacionais de 30% para 15% dos imóveis nos empreendimentos, permitindo às empresas do setor menores custos operacionais e maiores oportunidades de venda através do financiamento.

O presidente da Dimensão Engenharia, Antonio Barbosa de Alencar, comemora a decisão da Caixa. "Ao integrar as taxas cartoriais e o ITBI ao financiamento imobiliário, a Caixa Econômica torna mais fácil o tão esperado sonho do imóvel próprio para milhões de pessoas. Além de permitir que as famílias invistam de maneira mais inteligente, o banco ainda aquece o setor imobiliário e de construção civil injetando recursos importantes para que o mercado permaneça sólido mesmo em tempos de pandemia", afirma.

Veja mais como aproveitar este benefício em grupodimensao.com



Website: http://engenharia.grupodimensao.com/pt-br/

Veja também:

Fritadeira elétrica provoca princípio de incêndio em pastelaria
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade