0

Lojas virtuais recuperam R$ 35 milhões no Dia das Mães

Número foi alcançado por 900 varejistas com ações personalizadas, com tíquete médio de R$ R$ 184

18 mai 2017
13h41
  • separator
  • comentários

O Dia das Mães é a terceira data mais importante do e-commerce, ficando atrás somente da Black Friday e Natal. Entretanto, para cada compra concretizada, muitos consumidores pesquisam em vários sites até chegarem a um preço interessante, enquanto a maioria das visitas fica pelo caminho. Nesses momentos, as ações de retargeting com abordagens personalizadas tornam-se fundamentais para as lojas recuperarem consumidores que desistiram de comprar um produto por algum motivo, convidando-os a concluírem suas compras com desconto, frete grátis ou algum outro benefício.

Neste ano, cerca de 900 lojas virtuais e sites de grandes marcas recuperaram R$ 35,3 milhões em vendas que não seriam realizadas nas duas semanas que antecedem o Dia das Mães (30/04 a 13/05), informa a ShopBack, especializada em tecnologia Big Data para recuperação de clientes. O valor 7% maior em relação ao que foi resgatado no mesmo período do ano anterior com ações no site, por e-mail retargeting ou notificação por push representa um volume de 191,8 mil pedidos, com tíquete médio de R$ 184.

Os segmentos que mais trouxeram clientes de volta no período são "Perfumaria e Maquiagem" (26%), "Moda e Calçados" (23%), "Eletrônicos e Eletrodomésticos" (19%), "Joias e Bijuterias" (11%), "Lazer e Viagens" (7%).

As notificações personalizadas por push no navegador ou aplicativo da loja foram o recurso mais eficiente no período, responsável por 28% das conversões. Em segundo lugar ficaram as ações no próprio site, como o overlay de abandono (janela com recomendações de produtos de interesse que aparece no momento em que o consumidor se movimenta para fechar a página), com 25%. Logo a seguir ficaram as tradicionais mensagens de e-mail, com 24%, seguidas por SMS (15%) e notificações do Facebook (8%).

"Abordar os consumidores de forma inteligente e assertiva torna-se ainda mais importante durante as sazonalidades, diante de grande concorrência e da necessidade de um tempo de resposta mais rápido", afirma Isaac Ezra, CEO da ShopBack, que tem entre seus clientes grandes lojas como Renner, Viajanet, Boticário, Azul, Sephora, HP, Arezzo, Schutz, Hoteis.com, Motorola.

Mais informações no site: www.shopback.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade