0

Livro "Governança Estratégica para escritórios de Advocacia" aborda o futuro da carreira do Direito

11 out 2017
15h51
  • separator
  • comentários

José Paulo Graciotti é um engenheiro, que administrou e inovou gestão em escritórios de advocacia e virou consultor na área. Com olhar no futuro, Graciotti se destacou em gestão do conhecimento e foi o primeiro brasileiro a palestrar no congresso International Legal Technology Association Congress - ILTACON 2017, que aconteceu em agosto em Las Vegas.

Foto: DINO

Agora, José Paulo Graciotti lança o livro "Governança Estratégica para escritórios de Advocacia", com prefácio do Prof Mario Engler Pinto Jr (da FGV) e apresentação de Alexandre D´Ambrósio (VP assuntos jurídicos e corporativos do Banco Santander). A visão prática e o olhar de inovação na carreira do Direito permeiam os 10 capítulos do livro. Temas como o modelo atual de escritório de advocacia, a evolução desse mercado, o novo perfil do advogado, uso do Big Data e Gestão do Conhecimento que reforçam a eficiência da governança de talentos, societária e de informação.

"Fui o primeiro gestor profissional "não sócio" no mercado de grandes escritórios corporativos (Demarest, no final dos anos 1980) e até hoje esse espaço é muito pouco preenchido por gestores profissionais, sendo encontrado em apenas alguns grandes escritórios na atualidade. Também faz relativamente pouco tempo que escritórios maiores desenvolveram setores de marketing, de relações institucionais e até de análise de produtividade e eficiência. O objetivo deste livro é alertar a todos os trabalhadores do direito, grandes ou pequenos, novos ou tradicionais, de que o mundo está mudando numa velocidade avassaladora e, como em qualquer outro mercado, a adoção das tendências modernas de gestão e de tecnologias disruptivas irão definir os sobreviventes e vencedores nesse mercado absurdamente competitivo", define José Paulo Graciotti.

Analisando as mudanças no mercado americano pós-crise de 2008, que já está acontecendo no Brasil, no mercado jurídico quem passará a definir o preço dos serviços será o cliente, e não mais o escritório, e isso provocará uma radical mudança na relação cliente-advogado.

"O mercado está migrando de Sellers Pricing para BuyersPricing! O que vai efetivamente diferenciar os escritórios é o nível da qualidade do serviço prestado, ou seja, a responsividade dos seus profissionais e o real entendimento do negócio do cliente. No atual estágio do mercado, é fundamental que toda empresa comece a tratar seus clientes como consumidores e saia da zona de conforto", explica Graciotti.

O livro "Governança Estratégica para escritórios de Advocacia" será lançado dia 19 de outubro, em S. Paulo, pela editora Thomson Reuters/ Revista dos Tribunais.



Website: http://www.graciotti.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade