0

Estudo Mostra que a HK L-137 Reduz a Inflamação em Indivíduos Saudáveis com Sobrepeso - Assumindo a Linha de Frente contra a Síndrome Metabólica

O imunobiótico notável e resistente ajuda aqueles que mais precisam de ajuda

10 jan 2020
05h00
atualizado em 13/1/2020 às 01h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Há uma razão pela qual o foco na saúde se direcionou a alimentos, suplementos e comportamentos a fim de reduzir a inflamação. É por isto que a House Wellness Foods dispôs décadas de pesquisas meticulosas sobre os benefícios anti-inflamatórios de seus imunobióticos exclusivos Lactobacillus plantarum HK L-137, o ingrediente principal de seu Immuno-LP20®. Um estudo recém-publicado ilustra como este bacilo, em sua forma inviável, pode ser especialmente importante, incluindo salvar vidas, para aqueles que lutam contra a obesidade.

A inflamação é uma resposta corporal em que confiamos para combater o estresse, infecções e toxinas externas. Contudo sabemos que também é um dos pilares da disfunção metabólica. Muitos chegaram ao ponto de sugerir que a inflamação é a característica definidora de toda enfermidade, incluindo os aspectos depredadores do próprio processo de envelhecimento, levandoàeventual falência de órgãos. Não diagnosticada, pode causar o declínio da saúde geral, estando ligada a uma série de complicações metabólicas e implicada em dezenas de doenças autoimunes do lúpusàesclerose múltipla.

Notavelmente, mesmo indivíduos saudáveis sob o estresse associadoàalta massa corporal podem sofrer uma espiral descendente que se deteriora rapidamente; e, como sabemos, a obesidade está entre os fatores de doenças mais prevalentes na sociedade pós-industrial em todo o mundo (afetando cerca de 40% da população dos EUA). Simplificando, a produção de citocinas inflamatórias aumenta em indivíduos portadores de mais gordura corporal. Embora a literatura popular evite detalhes severos, a manifestação deste ciclo destrutivo inclui resistênciaàinsulina, diabetes tipo 2, doença hepática gordurosa não alcoólica, doença cardiovascular, hipertensão e dislipidemia.

O novo estudo dos laboratórios da House Wellness Foods laboratories, em cooperação com o Instituto Médico de Regulação Biológica da Universidade de Kyushu, descreve em detalhes o processo pelo qual a inflamação atua com seus efeitos destrutivos. O tecido adiposo produz uma abundância de citocinas inflamatórias, resultando em níveis séricos elevados de mediadores inflamatórios (proteína C reativa e concentração de leucócitos, entre eles). O fator de necrose tumoral e a interleucina induzem resistência sistêmicaàinsulina e afetam o metabolismo lipídico. Há uma elevação concomitante dos níveis séricos de triglicerídeos e lipoproteína de densidade muito baixa (VLDL).

Na respostaàinflamação, as células se comunicam através de meios extraordinariamente complexos para proteger músculos e órgãos em corpos submetidos a estresse ou lesão comuns. O documento de pesquisa define as consequências da inflamação persistente, como a associada ao excesso de peso, e como os mediadores inflamatórios presentes em pessoas obesas ou com sobrepeso precisam ser suprimidos para impedir distúrbios metabólicos associados, como resistênciaàinsulina e hiperlipidemia.

Os probióticos bacterianosàbase de ácido lático vêm demonstrando eficácia na modulação imune e no metabolismo lipídico. Os lactobacilos viáveis em alimentos como o kefir e outros intensificadores probióticos provaram ser valiosos na redução dos níveis de colesterol total, mas seu efeito é limitado tanto pela química quanto pelos mecanismos pelos quais atuam no corpo. Vários estudos revisados por pares mostraram que bacilos não viáveis, como o HK L-137 (destruídos pelo calor), são igualmente e, em muitos casos,mais eficazes na melhoria da inflamação induzida pela obesidade e anormalidades do metabolismo lipídico, com um impacto mais profundo na resposta imune, conforme indicado por várias medições, incluindo funções imunológicas relacionadas ao Th1, como a proliferação induzida pela concanavalina A (Con A) na produção de células T.

A vantagem da destruição por calor é que fortalece as barreiras celulares do organismo bacteriano e fixa seu material biogênico. Ele resiste aos líquidos gástricos e permanece intacto até o íleo do intestino delgado, para estimular a resposta imune na mucosa. A destruição por calor é o que dá ao HK L-137, o principal constituinte do Immuno-LP20 de House, seu caráter como imunobiótico e, como mostram vários estudos revisados por pares, sua função de proteção e regeneração celular suporta melhorias na qualidade de vida que incluem redução drástica da infecção respiratória superior e doença periodontal. Também disponibiliza o HK L-137àmais ampla gama de aplicações devido a sua capacidade de suportar o processamento. A inviabilidade permite uma vida útil sem paralelo, sem diminuir sua eficácia.

House Wellness Foods dedicou quase 30 anos ao estudo clínico das propriedades imunológicas e protetoras do HK L-137 e ao refinamento de sua produção natural baseada em produtos alimentícios. O ápice de seus esforços é o Immuno-LP20®, seu imunobiótico funcional baseado no HK L-137.

A síndrome metabólica é uma crise de proporção mundial. Em contrapartida, a House Wellness Foods, em seus suplementos e produtos alimentícios funcionais, concentrou seu foco em apoiar a capacidade inata do corpo de aumentar a imunidade e restaurar a vitalidade a nível celular. É uma busca por nada menos do que o maior sustentoàsaúde e ao vigor, bem como a extensão de toda a vida no planeta.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20200109005913/pt/


Contato:

Kotaro Soga

House Wellness Foods Corp.

s-hirayama@housefoods.co.jp


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade