2 eventos ao vivo

DrogaVET cria manipulados veganos para pets

DrogaVET lança linha vegana para atender à procura de medicamentos sem ingredientes de origem animal

7 dez 2019
03h49
atualizado às 04h00
  • separator
  • 0
  • comentários

A DrogaVET, líder em manipulação veterinária, amplia sua atuação no mercado com a nova Linha Manipulado DrogaVET Vegano, criada para atender proprietários de pets que procuram por medicamentos sem ingredientes de origem animal na composição. A linha contempla formas farmacêuticas de uso oral (biscoito, cápsula, calda, floral, homeopatia, molho, pasta oral, pó, sachê, suspensão e xarope) e de uso tópico (gel auricular, gel oftálmico, pomada auricular, pomada oftálmica e solução auricular).

Foto: Crédito: Edjane Madza / DINO

Segundo a farmacêutica da DrogaVET, Thereza Denes, a linha é ideal para atender não só as questões culturais de tutores veganos ou vegetarianos, mas sobretudo às necessidades de saúde dos pets que apresentam alergias às frações proteicas. "Percebemos uma demanda crescente por produtos sem insumos de origem animal e, por isso, desenvolvemos o Manipulado DrogaVET Vegano, totalmente de origem vegetal. Ele é indicado para quaisquer espécies de animais: cães, gatos, cavalos, até os roedores ou outros não-convencionais. Além disso, as formas farmacêuticas flavorizáveis podem receber a adição de várias opções de sabores, doces ou salgados", detalha a especialista.

A profissional explica também que a medicação feita a partir de produtos manipulados, ajuda reduzir o estresse do pet na hora da medicação, uma vez que eles podem ser produzidos no sabor que o animal mais gosta, além de já serem acondicionados na dose certa, evitando desperdícios. "Agora, outro benefício está sendo agregado, uma vez que o manipulado poderá, complementarmente, ser isento de ingredientes animais", finaliza Thereza.

Benefícios de uma dieta vegana
Segundo uma pesquisa do IBOPE Inteligência, de 2018, cerca de 14% da população brasileira já se declara vegana e, em comparação com 2012, esse índice aponta um crescimento de 75% de pessoas que adotaram o veganlife.
Segundo a sócia-fundadora da DrogaVET, Sandra Schuster, paralelamente, há um movimento intenso e crescente também no que se refere à "humanização dos pets", fazendo com que essa prática alimentar reflita, consequentemente, na alimentação e saúde dos animais de estimação. "Como a grande maioria dos animais são acolhidos como membros efetivos da família e muitas famílias estão mudando seus hábitos de consumo, é pujante o aumento da demanda por produtos sem origem animal em nossas lojas", afirma a executiva.

Além disso, a alimentação vegana pode ser uma aliada na proteção da vida dos pets. "Ela diminui o risco de doenças cardiovasculares, câncer e ajuda no controle do peso e do trânsito intestinal. É, ainda, rica em fibras, grãos, frutas e legumes, o que aumenta o consumo de substâncias antioxidantes e diminui o consumo de aditivos alimentares e corantes", detalha Sandra.
No entanto, as especialistas afirmam que é necessário estar atento para não deixar a dieta do pet muito restrita em termos de variedade. "Uma alimentação inadequada pode causar alguns problemas de saúde como anemia, osteoporose e prisão de ventre. Nestes casos, é recomendada uma reposição de aminoácidos, vitaminas e sais minerais, mas sempre sob a supervisão do médico veterinário do animal", finaliza a executiva.


Sobre a DrogaVET
Foi em busca de soluções no segmento de manipulação veterinária, respeitando integralmente todos os princípios éticos que regem a produção de medicamentos e a sua aplicabilidade aos animais que, em 2004, surgiu a DrogaVET. Criada pela farmacêutica Sandra Schuster, a empresa é pioneira no ramo e a maior rede de farmácias de manipulação veterinária no Brasil, especializada em produzir e oferecer produtos com inovação e qualidade, atuando na prevenção, tratamento e prolongamento da vida dos animais. Mais informações estão disponíveis no site e na FanPage.



Website:

http://www.drogavet.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade