0

Do Ceará Para o Mundo: cearense começa negócio para pagar boletos de casamento e hoje fatura milhões ensinando como vender online

8 nov 2018
11h09
  • separator
  • comentários

O sonho de empreender continua em alta no Brasil mas a missão de conseguir criar um negócio de sucesso, não tem sido tão fácil assim. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistíca (IBGE), a maioria das empresas fecham suas portas após cinco anos.

Foto: Alessandro San / DINO

De acordo com os dados levantados pelo IBGE, pouco mais de 60% das empresas encerram suas atividades após os primeiros cinco anos. Uma outra pesquisa do instituto mostra que por dois anos seguidos, o número de empresas que fecham as portas no Brasil é maior que o número de novas empresas abertas. A queda nas vendas tem sido apontada pela maioria dos empresários como a principal causa do encerramento das suas atividades.

Mas enquanto algumas empresas estão fechando as suas portas por falta de vendas, outras estão batendo recordes de faturamento, mês após mês. O segredo revelado pela maioria delas? A internet. Enquanto a maioria dos empresários brasileiros estão quebrando a cabeça para conseguir transformar likes nas mídias sociais em vendas e faturamento, outros já tem a internet como a sua fonte principal de vendas.

O clima incerto de muitas empresas e a dificuldade nas vendas, tem criado muitas oportunidades para os profissionais que dominam as chamadas técnicas de vendas online. No Brasil, um dos profissionais que tem se destacado com a promessa de ajudar os empresários a vender todos os dias, é o cearense Natanael Oliveira.

Natanael Oliveira é CEO da Marketing Com Digital, empresa brasileira de educação empresarial com sede em São Caetano do Sul - São Paulo e CEO da Make Sales Daily CORP, empresa internacional de consultoria com base de operação em Orlando, New York e Miami.

"Eu comecei a empreender por pura necessidade. Eu não sonhava em ser empresário, muito pelo contrário, eu gostava da ideia de ter uma carreira como funcionário"

É assim que Natanael Oliveira, cearense de 30 anos, conta como começou sua jornada de empreendedor.

Enquanto muitos empreendedores decidem começar um negócio após se deparar com oportunidades, Natanael conta que tudo começou com uma grande necessidade de pagar os boletos do seu casamento.

No começo de 2011, Natanael estava noivo e fazendo as contas do buffet, apartamento e todas as novas responsabilidades de uma nova vida casado. Conheceu a sua esposa, Iaponira Oliveira, na faculdade de publicidade e propaganda, começaram a namorar e decidiram que após a formatura iriam casar.

Bem no estilo: "Eles vão casar quando se formar", típico das cantorias de aniversário.

Na época, mesmo no último semestre de publicidade e propaganda, Natanael ainda não tinha conseguido o seu emprego dos sonhos em uma grande agência de Fortaleza-Ceará, sua cidade natal. "O meu sonho era ser um Diretor de artes em uma grande agência de Fortaleza, mas o meu portfólio de criação nunca agradou, enviei para quase todas as agências e nunca fui respondido".

A falta de oportunidades no mercado publicitário levou Natanael a procurar por outras oportunidades, foi quando ele começou a trabalhar como vendedor de planos telefônicos para empresas. "O meu irmão, João Rafael, era gerente de uma franquia e vendo a minha situação financeira em declínio, me fez o convite para fazer parte da sua equipe de vendas".

A empolgação inicial da nova oportunidade logo virou motivo de grande preocupação. "Eu não conseguia vender. Eu não sabia prospectar batendo de porta em porta. Quando eu chegava na recepção e falava que vendia planos telefônicos, ninguém queria me atender".

Natanael conta que diariamente acontecia uma reunião para apresentar os resultados de vendas do dia anterior. "Eram minutos intermináveis. Quando chegava no meu nome: Natanael Oliveira, ontem não vendeu nada. Eu ficava congelado, com um nó na garganta.".

A falta de resultados poderiam fazer com que Natanael fosse demitido pelo próprio irmão, faltando pouco mais de 6 meses para o seu casamento.

O ponto de virada com 140 caracteres

Uma conta no Twitter, 140 caracteres e um novo mundo de oportunidades. Natanael conta que depois de mais um dia frustrado de visitas, chegou em casa e teve a ideia de criar uma conta no Twitter.

Ele criou duas contas no Twitter usando os termos "Consultor Oi em Fortaleza" e "Oi Empresa Fortal". Começou a fazer postagens divulgando os planos da empresa e o seu telefone para contato. Alguns dias depois, durante mais uma reunião de vendas, Natanael conta o que ele diz ser o seu momento da virada.

"O meu celular tocou durante a reunião. Eu ignorei a ligação e esperei terminar a reunião para retornar. Quando eu liguei do outro lado da linha eu escutei: 

- Você é o Natanael Oliveira, consultor? 
- Sim sou eu. Respondi meio sem acreditar.
- Estamos precisando trocar o nosso plano. 
- Estou indo agora.

"Foi a venda mais fácil de todas." Natanael conta que após o fechamento ele perguntou para a cliente como ela tinha lhe encontrado. A resposta foi animadora. "Eu pesquisei no Google, achei o seu Twitter, peguei o seu telefone".

Natanael conta que voltou para casa correndo e começou a pesquisar sobre como posicionar um site no Google. Naquele dia ele conheceu uma das estratégias para vender online, que é o SEO (Search Engine Optimization), que consiste em otimizar um site para os mecanismos de buscas, como Google e Bing.

A alegria durou pouco.

Natanael conta que começou a se profissionalizar nas estratégias, lendo todos os livros que podia sobre o assunto e se especializando nas técnicas. Começou a ficar entre os top vendedores e finalmente estava ganhando boas comissões. Mas uma notificação extrajudicial fez com que a fonte de vendas online acabasse da noite para o dia.

"A notificação dizia amigavelmente que eu deveria tirar o site do ar, para evitar maiores problemas." Da noite para o dia as vendas acabaram. Sem o site no ar, não era mais possível receber contatos de clientes. Natanael destaca que os contatos eram "quentes", pessoas prontas para comprar.

Depois de ter o site retirado do ar, Natanael comenta que ainda tentou voltar a bater de porta em porta mas totalmente sem sucesso. Faltando três meses para o casamento, Natanael conta que ficou novamente sem expectativas de ganhos novamente.

Natanael explica durante a conversa que em um desabafo com sua professora da faculdade, que também estava lhe orientando no seu projeto de monografia, ela então disse uma frase que mudaria o jogo. Mais uma vez.

Ela disse: "Eles deveriam te contratar". Natanael conta que naquele momento pensou: "Ei! Se deu certo vender planos telefônicos, talvez funcione para vender outras coisas." Alguns dias depois ele decidiu pedir demissão.

Ele conta que sua esposa (na época noiva), com medo do futuro incerto, achou que não seria uma boa ideia. Seus pais, ambos aposentados, também não achavam que seria uma boa ideia começar uma empresa, faltando apenas três meses para o casamento.

"Esse foi o momento mais difícil. Ninguém do meu círculo íntimo achava que pedir demissão era uma boa ideia", relembra Oliveira.

"Eu vi que os boletos não iriam se pagar sozinhos, e agora sabia um jeito de vender online que poderia ajudar muitos empresários". Com isso em mente, Natanael pediu demissão e começou a vender serviços de consultoria em marketing digital.

O Caminho para se tornar uma referência em Marketing Digital

Em poucas semanas Natanael conseguiu fechar bons contratos de consultoria, pagou os boletos do casamento e começou a fazer palestras ensinando tudo o que ele estava fazendo para ajudar os seus clientes em suas vendas online. 1 ano depois, Natanael comenta que já estava com uma carteira de clientes que somavam um faturamento de aproximadamente R$80.000 por mês.

Com o sucesso da agência em Fortaleza, Natanael tomou a decisão de mudar para São Paulo e buscar contratos maiores. Decidiu viajar para os EUA e procurar por novas especializações. Esse foi um momento que eu tive que ter muita disciplina. "Em Fortaleza, eu morava de aluguel em um apartamento de 44m2. Eu tinha na conta o suficiente para comprar um apartamento novo na área nobre. Eu dirigia um Gol usado e tive que ter disciplina em entender que eu precisa investir em ativos e não passivos."

Natanael disse que esse era um momento para ganhar dinheiro e não gastar dinheiro. A dica de ouro para Oliveira é simples: "Primeiro você cuida de pagar os boletos. Depois você consegue uma maneira de fazer isso com muita facilidade. Só depois, é o momento de escalar para o próximo nível."

Já em São Paulo e depois de voltar dos EUA, Natanael começou a ensinar ainda em 2013, estratégias que ele afirma gerar vendas todos os dias. Esse é um slogan que tornou Natanael conhecido no meio dos empresários: "Vender Todos os Dias, com lucro, segurança e previsibilidade."

A experiência de viajar para os EUA frequentemente, permitiram que Natanael tivesse o que ele chama de "Spoiler do Futuro". "Sempre que eu viajava para os EUA e conversava com os empresários, eu voltava para o Brasil, esperava mais ou menos 1 ano, e os mesmos problemas eram relatados. Esse é um padrão que se repete até hoje".

Depois de cinco anos estudando o mercado americano, Natanael decidiu que era o momento de começar um projeto internacional. Foi quando surgiu a empresa Make Sales Daily (que no português significa: Venda Todos os Dias).

Natanael defende que o mercado americano é de fato muito avançado em termos de conteúdos e processos, no entanto, extremamente carente de uma atenção individual.

"Você vai para eventos nos EUA com 6.000 participantes. 130 palestras. É impossível um empresário conseguir absorver tudo, implementar tudo. "Foi essa a brecha que eu encontrei", é o que defende Natanael.

"Eu não quero vender cursos online nos EUA. Eu vou ajudar os empresários na implementação e vou acompanhar de perto na geração de vendas. Empresário não quer ficar sentado na frente do computador estudando sozinho. Ele quer uma orientação prática, rápida."

Natanael não revela os seus números, por acreditar que não seja um dado relevante.

"Cada um tem suas metas e os seus bastidores. Eu comecei querendo pagar os meus boletos. Comece assim também. Depois, as coisas vão acontecendo naturalmente." 

Apesar de não abrir os seus números, Natanael destaca que o seu foco está no lucro e não no faturamento. Porém, acompanhamos alguns dos grupos de negócios que Natanael Oliveira é o mentor, são centenas de empresários que investem entre R$15.000 e R$35.000 para participar desses grupos. Além disso, no site da Marketing Com Digital, existe a informação de mais de 30.000 alunos ao redor do mundo.

A empresa de Natanael tem treinamentos online com ticket médio de R$3.000. O que indica que o faturamento/lucro anual, está na casa dos milhões. A empresa americana apesar de recente, terá o seu primeiro evento presencial em Orlando-Flórida (nos dias 6 e 7 de dezembro), no hotel Hard Rock Café Universal.

Os participantes investiram $1.997 (dólares) para participar de dois dias de imersão com Natanael. Iaponira Oliveira é sócia da empresa desde os seus primeiros dias e hoje é responsável pelas estratégias de conteúdo e projeta todos os eventos presenciais da empresa.

A equipe da empresa é enxuta, com apenas 5 funcionários no quadro. Natanael defende uma estrutura enxuta, sem grandes custos. "Obviamente cada negócio tem suas particularidade, mas três a cinco pessoas na equipe de marketing, é mais que suficiente para grandes resultados", é o que defende Oliveira.

Quando perguntado sobre os próximos planos, Natanael dá uma longa pausa e em um tom bem humorado responde: "Eu quero ajudar mais pessoas na meta de Vender Todos os Dias… e pagar os seus boletos, todos os meses."

Sobre as recomendações para alcançar o sucesso profissional, Natanael tem suas dicas. "Eu escrevi um livro junto com o meu pai, João Feitosa, compartilhando alguns dos princípios que me guiam. O livro se chama: As 7 Leis Imutáveis do Sucesso.

Natanael também é autor de outros três livros: Seja o Empresário da Sua Ideia, Agência Enxuta e Não Me Faça Dormir. Todos os 4 Livros se tornaram Best Seller na Amazon.

Com uma filha recém-nascida, Melissa (5 meses), Natanael defende que empresas com processos bem definidos, dão mais liberdade para o dono, sem impactar nos resultados.

"O meu negócio é enxuto, isso exige uma equipe de especialistas. Foi isso que eu formei. Mas eu continuo sendo o RainMaker do negócio."

Natanael explica que RainMaker é aquele que faz o negócio acontecer. Na tradução literal a expressão significa (Produtor da Chuva). "Todos os meus movimentos precisam produzir resultados reais e tangíveis.", continua explicando Natanael.

Oliveira explica que muitos empresários acabam se perdendo em atividades inúteis, na maioria dos casos, por não terem um mentor. Natanael nesse momento cita a frase de Peter Drucker, famoso escritor, considerado como o Pai da administração moderna: "Não existe nada tão inútil quanto fazer bem feito, o que não deveria ter sido feito".


O segredo para vender todos os dias, de acordo com Oliveira passa pelo o que ele chama do "Processo de três fases: (Segmentação, Engajamento, Oferta).

"Quanto mais você oferece, mais você vende. Mas para conseguir criar novas ofertas você precisa de vários modelos de abordagens diferentes. Em outras palavras, você precisa dominar maneiras diferentes para vender o seu produto. Na internet não dá para você ficar usando sempre os mesmos vídeos, sempre as mesmas mensagens. Você precisa aprender a criar ofertas novas para produtos "velhos" e soluções novas para clientes "antigos"."

Quais suas recomendações finais? Foi a pergunta final. Oliveira então repete mais uma vez: "Vamos Vender Todos os Dias e pagar os boletos. Eu também convido para que vocês leiam o meu livro, Não Me Faça Dormir, lá eu resumo toda a base da estratégia que eu ensino para gerar vendas todos os dias usando a internet."



Website: http://marketingcomdigital.com.br/lp/sala-mente-mestra/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade