0

Como dar o primeiro passo rumo a independência financeira

12 mar 2020
17h48
atualizado em 13/3/2020 às 03h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Considere qual seria o objetivo de um profissional que lidera um movimento ao invés de um negócio. Movimentos falam sobre significados e não comercialismo. É de fato o movimento que gera missões e valores e são os movimentos que fazem a diferença no mundo, preenchendo quem os cerca com um senso de propósito.

Foto: DINO / DINO

No mundo dos negócios o propósito é importante tanto para quem está à frente no mercado, como para quem está iniciando um novo negócio. Pesquisas apontam que profissionais que buscam independência financeira cresce a cada ano. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que trabalhar em casa ou até mesmo em outros espaços, como o coworking, como profissional independente, cresceu 21,1% entre os anos de 2017 e 2018.

A Success People, empresa de desenvolvimento de pessoas, situada em São Paulo que atende em todo o território nacional, recebe por ano, inúmeros profissionais buscando recolocação no mercado de trabalho. Neiva Gonçalves, Diretora Executiva de Carreira, atua no atendimento a estes profissionais há mais de 18 anos, e atualmente compreende que a modernidade transformou o objetivo de quem está em movimento no mercado de trabalho: "A inquietude diante do mercado é o que desperta o empreendedorismo. Cada vez mais, profissionais buscam o equilíbrio entre qualidade no trabalho e na vida e é por isso que surge a necessidade de alinhar os objetivos pessoais e profissionais. Muitos partem então, para a ideia de abrir o seu próprio negócio e se deparam com a dificuldade em dar o primeiro passo".

Para Jimmy Piroutek - CEO da Clever Convergence, o primeiro passo tem sido o principal ingrediente assertivo nesta busca, colocar as ideias em execução mesmo antes delas serem totalmente desenvolvidas, traz resultados consideráveis: "No mundo dos negócios e da tecnologia, tudo acontece de uma forma exponencialmente rápida, presenciei muitas pessoas de enorme talento que tiveram ideias para a criação de produtos, serviços ou tecnologia muitas vezes inovadoras e não conquistaram nada ou quase nada no mercado por acharem que a ideia deveria ser toda desenvolvida antes de partir para a execução. No mundo corporativo, quando essas ideias acontecem, quem der o primeiro passo é que vai pegar a melhor fatia do mercado, o chamado "filé mignon". Nesse sentido, o "bom" é inimigo do "ótimo". É o que chamamos de First Movement ou Primeiro Movimento, tirar o projeto do mundo das ideias e partir para a execução. O "time", o "momento" é muito importante, aquele instante em que você "pega a onda" e surfa nela. Se não pegar, quando perceber ela já chegou na praia. Para isso, é preciso ter coragem, espírito empreendedor e acreditar. Fazer o First Movement muitas vezes pode determinar a liderança de um mercado por muito tempo". Jimmy Piroutek, atua há mais de 30 anos no mercado de tecnologia em saúde.

Um objetivo forte, faz com que o profissional se sinta envolvido em algo honroso, não à toa, as marcas líderes de mercado estão comprometidas em algo que transcende ganhar dinheiro. Nesta simbiose das motivações é que nascem grandes ideias, e elas existem para acreditarmos nelas. "É uma ilusão achar que quando se tem uma ideia, ela é exclusiva, só nossa. Existe um fenômeno que acontece, e eu já presenciei, que é o de que em várias partes do mundo e na maioria das vezes quase ao mesmo tempo, outras pessoas têm a mesma ideia ou muito parecida". Comenta Jimmy Piroutek.

Luciano Mello, vice-presidente da Success People acredita que dentro ou fora de uma organização estamos submetidos a condição do empreendedorismo:

"Sempre seremos empreendedores, inseridos em uma empresa ou dono do nosso próprio negócio, os desafios são parecidos, lideramos sentimentos, pessoas e finanças, o salto, está na qualidade com que atuamos nas estratégias e no entendimento claro de nossos objetivos".

Conheça nossos projetos para empreendedores acesse: www.successpeople.com.br



Website: http://www.successpeople.com.br

Veja também:

Revista elege os 10 melhores laterais esquerdos do mundo
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade