2 eventos ao vivo

Com população de idosos triplicando, geriatria já é considerada profissão do futuro

Segundo o IBGE, a população idosa brasileira não vai parar de crescer. Em 2050, o Brasil vai contar com 66,5 milhões de idosos .

16 abr 2018
16h40
atualizado em 17/4/2018 às 17h37
  • separator
  • comentários

Ao longo dos últimos 50 anos, a população idosa brasileira mais que triplicou: passou de 3,3 milhões em 1960, o que representava 4,7% da população para 14,5 milhões em 2000, passando a representar 8,5%. Na última década o salto foi ainda maior. Em 2010, a representação passou para 10,8% do total de habitantes. Ou seja, já eram 20,5 milhões de brasileiros com 60 anos ou mais. E segundo o IBGE, essa população não vai parar de crescer. De acordo com as pesquisas do instituto, em 2050, o Brasil vai contar com 66,5 milhões de idosos (29,3%).

O envelhecimento da população é uma tendência e pode ser consequência de vários fatores, como um maior desenvolvimento social, da expectativa de vida, de melhorias nas condições de saneamento nas cidades e da diminuição da taxa de fecundidade, por exemplo. Com essa longevidade dos brasileiros, algumas áreas já têm sido consideradas profissões do futuro, como é o caso da geriatria. E para os médicos que já atuam ou que querem atuar e se qualificar no atendimento a esse público, a POSFG, que oferece cursos voltados para médicos de todo o Brasil, está com inscrições abertas para o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Geriatria e Gerontologia em São Paulo (SP). As aulas começam em maio e a carga horária é de 432 horas de aulas presenciais. Nos encontros, os alunos vão aprofundar conhecimentos em temas como avaliação geriátrica, direito da ancianidade, epidemiologia do envelhecimento, sexualidade e psicogeriatria, por exemplo.

Outros treze cursos também estão com matrículas abertas na capital paulista:  Medicina do Trabalho, Endrocrinologia e Metabologia, Neurologia, Nutrologia Esportiva, Nutrologia Pediátrica, Pediatria, Dermatologia, Endoscopia, Ginecologia, Psiquiatria, Pneumologia Pediátrica, Medicina de Tráfego e Neuropsicopedagogia. As aulas começam em maio e a carga horária dos cursos varia de 432 a 4032 horas de aula presenciais. Durante os encontros, os alunos vão contar com um corpo docente altamente qualificado, formado 100% por professores especialistas, mestres e/ou doutores, além de um avançado sistema virtual de aprendizagem com suporte pedagógico 24 horas. Todas as qualificações oferecidas pela POSFG são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). Porém, é importante destacar que as Pós-Graduações não concedem o Título de Especialista. Para isso, é preciso preencher todos os requisitos exigidos e se submeter à prova de admissão da entidade responsável por conceder a titulação na área em que resolveu atuar. Para saber mais informações sobre os cursos, entre em contato pelo 0800 600 37 20 ou acesse www.posfg.com.br.



Website: http://www.posfg.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade