10 eventos ao vivo

Com o intuito de fomentar a indústria na região, toma posse nova diretoria da Associação Nordeste Forte

O empresário Ricardo Cavalcante assume a presidência da entidade. O mandato à frente da Associação é de dois anos.

23 fev 2021
01h00
atualizado às 06h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

São inúmeros os desafios no Nordeste em áreas como infraestrutura, energia, logística, entre outras. As indústrias têm papel fundamental nessas discussões e na busca por soluções. Em anos de pandemia esses desafios serão ainda mais intensos. Nesse cenário, assume nesta segunda-feira (22), como presidente da Associação Nordeste Forte, o empresário Ricardo Cavalcante, que também é presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). A posse vai acontecer na sede da CNI, em Brasília, a partir das 19 horas. Ricardo Cavalcante foi eleito por aclamação em outubro do ano passado.

Foto: DINO / DINO

O mandato à frente da Associação é de dois anos. Na ocasião, também tomam posse Eduardo Prado, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), como vice-presidente financeiro da Associação, e José Carlos Lyra, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA), como vice-presidente secretário.

Para Ricardo Cavalcante, estar à frente da Associação é um desafio importante, já que ela tem a nobre missão de promover a defesa de interesses da região Nordeste. "O meu papel na Associação Nordeste Forte será construir conjuntamente uma agenda de ações que possibilitem aproveitar o potencial criativo e inovador da região, buscando a identificação e a articulação das obras de infraestrutura necessárias à competitividade da indústria, das melhorias necessárias ao ambiente de negócios para impulsionar o desenvolvimento de diversos setores estratégicos, a exemplo das energias renováveis, e trabalhar os temas estratégicos e transversais da região NE, viabilizando grandes projetos que vão fazer a diferença na competitividade da indústria nordestina", afirmou o presidente.

Mais sobre o novo presidente da Associação Nordeste Forte

José Ricardo Montenegro Cavalcante é formado em Gestão Financeira, tendo participado de programas internacionais de capacitação, como o de Inovação em Estratégia Competitiva, da Florida International University (FIU) e o programa de Imersão em Ecossistemas de Inovação, da Universidade SDA Bocconi School of Management, na Itália. Fez extensão em Gestão Estratégica em Tempos de Turbulência e Disrupção, no Brasil e em Miami, participou de alinhamento conceitual sobre o ambiente de inovação suíço no Swiss Business Hub e concluiu o curso Gestão de Negócios na Era Digital na SC Johnson College of Business (Cornell University), nos Estados Unidos.

O empresário tem mais de 30 anos de atuação no setor industrial e, como liderança classista, tem história marcada por forte presença em entidades representativas do setor industrial como um todo, tanto no contexto local quanto nacional.

Além de novo presidente da Associação Nordeste Forte, e presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante também preside o Sindicato das Indústrias da Extração de Minerais Não Metálicos e de Diamantes e Pedras Preciosas, de Areias, Barreiras e Calcários no Estado do Ceará (Sindminerais-CE) e o Conselho Deliberativo do Sebrae/CE.

Como presidente da FIEC, tem liderado a Federação em várias frentes relacionadas ao combate à covid-19, como na atuação junto à força-tarefa que viabilizou a prototipagem do capacete de respiração assistida 'Elmo'. Já aprovado pela Anvisa, o equipamento tem auxiliado centenas de pessoas acometidas pela doença.

A gestão de Ricardo Cavalcante também tem investido fortemente em transformação digital, o que aprimora e desburocratiza processos, gerando redução de gastos e otimização de serviços.

Outro destaque da gestão de Ricardo Cavalcante à frente da FIEC é o trabalho desenvolvido pelo Observatório da Indústria, que contribui para a tomada de decisões assertivas por parte de diversas empresas brasileiras. Tudo isso, graças ao gigantesco rol de dados que o Observatório produz e compila. Uma prova de sua contribuição ao país é que o Observatório da FIEC tem trabalhado em conjunto com o Ministério da Economia em um importante trabalho no sentido de reduzir o Custo Brasil.



Website: http://www.portaldaindustria.com.br/cni/

Veja também:

Prefeito Beto Lunitti se emociona ao falar da situação da Covid-19 em Toledo
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade