0

Citi Brasil foca em três pilares na luta contra a Covid-19

21 mai 2020
17h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Citi Brasil definiu três pilares para atuar na luta contra a pandemia de Covid-19: funcionários, clientes e comunidade. Por ser um banco global, o Citi estava preparado para a Covid-19 antes mesmo de a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretar pandemia. No final de fevereiro, depois de receber notícias das unidades da Ásia, o banco se antecipou e hoje tem 98% dos funcionários trabalhando em sistema home office no país, sem prejuízos para as operações.

Foto: Arquivo / DINO

Neste período desafiador, os funcionários e seus familiares têm acesso a um serviço exclusivo de teleatendimento médico e emocional que pode ser feito por e-mail, telefone ou videochamada. Globalmente, o banco irá ajudar os funcionários diretamente impactados com a pandemia, com um aporte financeiro a mais de 75 mil profissionais alocados no mundo todo.

No pilar de suporte aos clientes, o Citi Brasil participou da concessão de uma linha de crédito, no valor de R$ 154,8 milhões, à fabricante de ventiladores pulmonares Intermed, empresa brasileira de tecnologia médica que será responsável pela produção de 4.800 respiradores. A produção dos equipamentos foi um pedido do Ministério da Saúde e também participaram dessa operação os bancos ABC, Banco do Brasil, Bradesco, Daycoval, Itaú Unibanco, Safra, Santander e Banco Votorantim.

"Para o Citi, é um imenso orgulho trabalhar com o Governo e com outras instituições para, juntos, superarmos essa pandemia", disse Marcelo Marangon, presidente do Citi Brasil.

Para ajudar a comunidade, o Citi doou máscaras para os profissionais de saúde do Hospital das Clínicas, um dos principais responsáveis pelo atendimento do SUS na cidade de São Paulo, e para o Hospital Ipiranga, que faz parte da rede de triagem de pacientes com suspeita de Covid-19 criada pelo governo do Estado e a prefeitura de São Paulo.  A instituição financeira também doou tablets para o Hospital das Clínicas que serão usados por pacientes internados em isolamento e que poderão entrar em contato com seus familiares.

Os profissionais do Citi Brasil se uniram e, por meio da associação de funcionários, arrecadaram recursos para doar mais de 10 mil cestas básicas para comunidades carentes na grande São Paulo em parceria com a ONG (Organização Não Governamental) Gerando Falcões. A ONG atua nas áreas de esportes e cultura para crianças e adolescentes, e qualificação profissional para jovens e adultos.

Citi Global

No mundo todo, o Citi, por meio da Citi Foundation, braço de investimentos sociais do banco, tem realizado inúmeras ações e destinado recursos para o combate à Covid-19. Foram destinados mais de US$ 65 milhões em apoio aos esforços de ajuda comunitária no mundo, incluindo quase US$ 36 milhões em contribuições e quase US$ 30 milhões em doações da Citi Foundation, com o objetivo de fornecer ajuda imediata aos trabalhadores da linha de frente e às populações das comunidades mais atingidas pela pandemia.

O banco também está apoiando investimentos de longo prazo em programas focados em recuperação econômica e estabilidade financeira. "Os colegas e negócios do Citi em todo o mundo se mobilizaram individual e coletivamente para ajudar os mais afetados por essa pandemia global", disse Michael Corbat, CEO do Citi. "Estes são os nossos valores em ação, e continuaremos complementando nossas atividades comerciais com nossa filantropia para apoiar nossas comunidades de todas as maneiras possíveis".

O banco lançou globalmente uma campanha de doação por funcionários, chamada Double the Good, em que para cada US$ 1 doado por um funcionário do Citi em apoio à ajuda emergencial para a Covid-19, o banco doará US$ 1 a uma organização selecionada em cada uma das regiões em que atua. No Brasil, as doações serão destinadas para Organização Internacional para as Migrações na América Latina.



Website: https://corporateportal.brazil.citibank.com/index.htm

Veja também:

Editor do L! analisa possível destino de Lautaro Martínez nessa janela de transferência
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade