0

CEMEX informa maior receita líquida em uma década

9 fev 2018
15h18
  • separator
  • comentários

A CEMEX, S.A.B. de C.V. ("CEMEX") (NYSE: CX), anunciou hoje que, em base comparável para as operações em curso e ajustadas de acordo com as flutuações da moeda, as vendas líquidas consolidadas tiveram um aumento de 4% durante o quarto trimestre de 2017 para US$ 3,4 bilhões, e um aumento de 3% em todo o ano de 2017, para US$ 13,7 bilhões em relação a períodos comparáveis de 2016. O EBITDA operacional em base comparável apresentou redução de 7% durante o quarto trimestre de 2017, para US$ 625 milhões, e uma redução de 6% em todo o ano, para US$ 2,6 bilhões em relação a 2016.

Destaques operacionais e financeiros do quarto trimestre consolidado e de todo o ano de 2017 da CEMEX.

  • O aumento das vendas trimestrais líquidas consolidadas em base comparável foi devido ao aumento dos preços dos nossos produtos em termos da moeda local no México, Estados Unidos e na nossa região da Europa, além de maiores volumes nas nossas regiões dos EUA e Europa, Ásia, Oriente Médio e África.
  • Os ganhos operacionais líquidos antes de outras despesas no quarto trimestre tiveram redução de 10%, para US$ 410 milhões, e redução de 9%, para US$ 1,7 bilhão em todo o ano de 2017.
  • A perda líquida de participação controladora durante o trimestre foi de US$ 105 milhões, de uma receita de US$ 214 milhões no mesmo período de 2016. A receita líquida de participação controladora em todo o ano aumentou para US$ 806 milhões, em comparação com os US$ 750 milhões de 2016.
  • O EBITDA operacional em base comparável apresentou redução de 7% e 6% durante o trimestre e todo o ano, respectivamente, para US$ 625 milhões e US$ 2,6 bilhões, em relação aos períodos comparáveis de 2016.
  • A margem de EBITDA operacional durante o trimestre apresentou uma redução de 18,3% em relação aos 20,7% do mesmo período de 2016. Para todo o ano, a margem EBITDA operacional apresentou uma redução de 18,8%, em relação aos 20,6% de 2016.
  • O fluxo livre de caixa depois das despesas de capital de manutenção para o trimestre apresentou aumento de 10%, para US$ 680 milhões, em comparação com o mesmo trimestre de 2016. Em todo o ano de 2017, o fluxo livre de caixa depois das despesas de capital de manutenção alcançou US$ 1,3 bilhão, e a conversão do EBITDA em fluxo livre de caixa depois do capex de manutenção alcançou 50%.

Fernando A. Gonzalez, diretor executivo da CEMEX, afirmou: "Apesar de 2017 ter sido um ano desafiador, nossos dois maiores mercados, México e Estados Unidos, tiveram um bom desempenho com aumentos comparáveis no seu EBITDA. Geramos também fluxo livre de caixa depois do capex de manutenção de quase US$ 1,3 bilhão, com uma taxa de conversão de EBITDA para fluxo livre de caixa de 50%, e que, juntamente com nossas iniciativas de desinvestimento de ativos, resultou em redução da dívida pro forma de quase US$ 2,1 bilhões durante o ano".

"Tivemos turbulências importantes durante o ano: baixo desempenho na Colômbia, no Egito e nas Filipinas, além de aumentos dos custos de energia, principalmente no México. Como fizemos anteriormente, nós nos concentramos nas variáveis que controlamos para atenuar essas turbulências e continuamos a oferecer resultados sólidos."

Resultados corporativos consolidados

Durante o quarto trimestre de 2017, a perda líquida de participação controladora foi de US$ 105 milhões, em relação a uma receita de US$ 214 milhões no mesmo período do ano anterior. A receita líquida de participação controladora em todo o ano aumentou para US$ 806 milhões, em comparação com os US$ 750 milhões de 2016.

A dívida total mais as notas perpétuas apresentou uma redução de US$ 209 milhões durante o trimestre. Durante o ano de 2017, a dívida total mais as notas perpétuas apresentou uma redução de aproximadamente US$ 1,7 bilhão, que representa uma redução de 13% do nível da dívida no final de 2016 e uma redução de 26% em comparação com o final de 2015. Em base pro forma, incluindo o pagamento das notas de garantia de crédito de 4,75% com vencimento para 2022 do valor principal agregado não liquidado, feito em janeiro de 2018, a dívida total mais notas perpétuas foi reduzida em US$ 2,1 bilhões durante 2017.

Destaques dos mercados geográficos no quarto trimestre de 2017

As vendas líquidas em nossas operações no México tiveram crescimento de 6% em base comparável no quarto trimestre de 2017, para US$ 781 milhões, em comparação com os US$ 701 milhões do quarto trimestre de 2016. Os resultados operacionais EBITDA tiveram crescimento de 8% em base comparável, para US$ 277 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

As operações da CEMEX nos Estados Unidos informaram vendas líquidas de US$ 838 milhões no quarto trimestre de 2017, um aumento de 4% em base comparável com o mesmo período de 2016. O EBITDA operacional apresentou redução de 5% em base comparável, para US$ 158 milhões no trimestre, em relação aos US$ 180 milhões do mesmo trimestre em 2016.

As operações da CEMEX na América do Sul, América Central e Caribe informaram vendas líquidas de US$ 452 milhões durante o quarto trimestre de 2017, representando uma redução de 3% em base comparável com o mesmo período de 2016. O EBITDA operacional apresentou redução de 10% em base comparável, para US$ 105 milhões no quarto trimestre de 2017, de US$ 108 milhões no mesmo trimestre de 2016.

Na Europa , as vendas líquidas para o quarto trimestre de 2017 apresentaram aumento de 5% em base comparável, para US$ 911 milhões, em comparação com os US$ 780 milhões do quarto trimestre de 2016. O EBITDA operacional atingiu US$ 99 milhões no trimestre, 9% acima, em base comparável do mesmo período do ano anterior.

As operações na África, Oriente Médio e Ásia informaram um aumento de 14% das vendas líquidas em base comparável para o quarto trimestre de 2017, para US$ 363 milhões, em relação ao mesmo trimestre de 2016. O EBITDA operacional para o trimestre foi de US$ 53 milhões, 31% menor em base comparável com o mesmo período do ano anterior.

A CEMEX é uma empresa global de materiais de construção que oferece produtos de alta qualidade e serviços confiáveis para clientes e comunidades de mais de 50 países. A CEMEX tem uma rica trajetória de melhoria do bem-estar daqueles a quem atende por meio de soluções inovadoras, avanços de eficiência e esforços no setor de construção para a promoção de um futuro sustentável.

Este comunicado de imprensa contém declarações prospectivas e informações que estão necessariamente sujeitas a riscos, incertezas e suposições. Muitos fatores podem fazer com que os resultados, o desempenho e as realizações da CEMEX sejam materialmente diversas daquelas expressas ou implícitas neste comunicado, incluindo, entre outros, mudanças nas condições econômicas gerais, políticas, governamentais e comerciais em nível global e nos países em que a CEMEX opera, mudanças nas taxas de juros, mudanças nas taxas de inflação, mudanças nas taxas de câmbio, o nível de construção em geral, mudanças na demanda e nos preços do cimento, mudanças nos preços da matéria-prima e da energia, mudanças na estratégia de negócios e vários outros fatores. Se um ou mais desses riscos ou incertezas se materializem, ou se as suposições subjacentes forem incorretas, os resultados reais podem ser materialmente diversos daqueles descritos aqui. A CEMEX não assume obrigação de atualizar ou corrigir as informações contidas neste comunicado à imprensa.

O EBITDA operacional é definido como receita operacional mais depreciação e amortização operacional. O fluxo livre de caixa é definido como EBITDA operacional menos despesa líquida de juros, despesas de manutenção e capital de expansão, mudanças no capital de giro, impostos pagos e itens de caixa (líquido de outras despesas menos receitas provenientes de vendas de ativos fixos operacionais obsoletos e/ou substancialmente esgotados que não estão mais em operação). A dívida líquida é definida como dívida total menos o justo valor de swaps entre moedas associado a dívida menos caixa e equivalentes de caixa. A dívida financiada consolidada para o índice EBITDA operacional é calculado dividindo-se a dívida financiada consolidada no final do trimestre pelo EBITDA operacional dos últimos doze meses. Todos os itens acima são apresentados de acordo com a orientação de padrões internacionais de relatórios financeiros, conforme emitidos pelo Conselho de Padrões Contábeis Internacionais (International Accounting Standards Board). O EBITDA operacional e o fluxo livre de caixa (como definido acima) são apresentados aqui porque a CEMEX acredita que eles são amplamente aceitos como indicadores financeiros da capacidade da CEMEX de financiar internamente as despesas de capital e o serviço ou incorrer em dívida. O EBITDA operacional e o fluxo livre de caixa não devem ser considerados como indicadores do desempenho financeiro da CEMEX, como alternativas para o fluxo de caixa, como medidas de liquidez ou como sendo comparável a outras medidas de título semelhante de outras empresas.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: http://www.businesswire.com/news/home/20180209005564/pt/


Contato:

CEMEX, S.A.B. de C.V.
Relacionamento com a mídia:
Jorge Pérez, +52 (81) 8888-4334
mr@cemex.com
ou
Relacionamento com investidores:
Eduardo Rendón, +52 (81) 8888-4256
ir@cemex.com
ou
Relacionamento com analistas:
Lucy Rodriguez, +1 (212) 317-6007
ir@cemex.com


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade