0

Aplicativo de entregas aposta em caminhadas, bicicletas, motos e carros

Empresa mineira Hey Entregas amplia a variedade dos serviços permitindo também entregas a pé e com pickups em seu aplicativo

6 jul 2020
09h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No início de 2020 já circulavam notícias do grande crescimento do mercado de entregas no Brasil. Algumas delas destacavam por exemplo, o levantamento da consultoria RankMyApp, revelando que o número de instalações de aplicativos dessa categoria em 3 meses representou 61,7% de todos os downloads desses mesmos apps no ano de 2019 inteiro.

Foto: DINO / DINO

Já era de se esperar o surgimento de novas empresas nesse ramo devido aos grandes indícios de crescimento do mesmo. Porém, é sempre curioso ver como as empresas se adaptam aos novos cenários e ao mercado altamente competitivo com marcas já consolidadas.

Encarar os gigantes do mercado sempre é um desafio para aqueles que estão começando. Exemplo disso é o caso da Hey Entregas, aplicativo que surgiu em março de 2020 apostando em novas maneiras de transportar produtos com menores taxas para entregadores e estabelecimentos.

A Hey foi uma das diversas empresas que surgiu em meio a pandemia como alternativa para aqueles que precisavam trabalhar, mas não tinham tantos recursos para fazê-lo. Assim como estabelecimentos que precisavam vender, mas não alcançavam suas clientelas.

Visto todo o potencial do ramo de logística no Brasil, liderado pela Loggi, os empreendedores mineiros optaram por oferecer em seu aplicativos de entregas maior liberdade aos estabelecimentos e entregadores.

A Hey oferece maiores opções aos estabelecimentos para que decidam o transporte ideal para realizar suas entregas de acordo com o tamanho dos seus produtos. O app oferece quatro alternativas para realizar as entregas: pickups, motos, bicicletas e a pé. Dessa forma, o aplicativo de entregas possibilita mais pessoas fazerem dinheiro extra mesmo não possuindo uma moto.

Como todo empreendimento, o foco inicial é encontrar maneiras de atrair atenção. O sócio da Hey Entregas, Raphael Canguçu, explica a estratégia que usou para alcançar mais pessoas e ajudar estabelecimentos que foram prejudicados com a pandemia:

"Nosso objetivo é oferecer praticidade. Quando aumentamos as modalidades de entregas, conseguimos integrar profissionais que não conseguiriam trabalhar em outras plataformas. Assim, a rede de entregadores é ampliada e os estabelecimentos ganham a oportunidade de enviar produtos de todo tamanho aos seus clientes com muita facilidade", disse Raphael Canguçu.

Outra aposta do aplicativo de entregas é a comunicação facilitada. No app, estabelecimentos e entregadores conseguem ter uma relação direta através do chat e trajeto em tempo real, o que otimiza ainda mais todo o processo. 

Com o intuito de expandir a marca por todo o Brasil através de planos de licenciamento para cidades a partir de 50 mil habitante, a Hey Entregas arrisca cobrar menores taxas para entregadores e estabelecimentos. Hoje, a empresa está operando em Belo Horizonte, Brasília e Goiânia, além de alguns indícios de negociações no Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba.

Os sócios Raphael Canguçu e Thiago Delgado dizem estar com grandes expectativas para o crescimento do aplicativo de entregas, apesar de estarem apenas começando:

"Entendemos que estamos como o Davi, da história Davi Contra Golias. Mas ser empreendedor é isso. Nosso projeto acaba de nascer por completo e começamos a colher depoimentos incríveis de milhares de entregas por mês. Esse é um mercado muito promissor.", disse Thiago Delgado.

O download do app Hey pode ser feito através dos links abaixo:

  • App para estabelecimentos: Google Play; App Store.

  • App para entregadores: Google Play; App Store.

  • Site oficial Hey Entregas 

Atualmente o Mercado de Delivery movimenta R$ 10 bilhões por ano no Brasil. Com investimentos de mais de 150 milhões de dólares, a própria Loggi tornou-se unicórnio esse ano (quando a empresa é avaliada em US$ 1 um bilhão). 

Ao ver esses dados é possível imaginar que o mercado está bastante aquecido e irá expandir muito mais. Abraçar essa realidade tem se tornado um grande passo ao sucesso.



Website: http://heyapp.com.br/

Veja também:

Por apoio à CPMF, Guedes vai propor cortar à metade tributos sobre salários
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade