0

Academia Brasileira de Ciências tem novo membro institucional — o Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino

20 jul 2018
09h01
  • separator
  • comentários

O Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino — presidido pelo neurologista Jorge Moll Neto— agora faz parte da Academia Brasileira de Ciências (ABC). A instituição foi admitida como membro institucional da ABC há cerca de dois meses. A cerimônia de posse aconteceu no Museu do Amanhã, na cidade do Rio de Janeiro, no último dia 9 de maio. Quem recebeu o certificado e assinou o termo de compromisso com a Academia, representando o Instituto D'Or, foi a sua vice-presidente, Fernanda Tovar-Moll. O presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich, e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, também estavam presentes na ocasião — entre outras autoridades.

Foto: DINO / DINO

"A ABC representa a excelência da ciência brasileira, e ser parceiro da ABC é motivo de muito orgulho para o Instituto D'Or", acentuou Fernanda. "Esperamos realizar muitas parcerias e ajudar a ABC na promoção e na divulgação da ciência em suas diversas vertentes", completou a vice-presidente.

A instituição presidida por Jorge Moll Neto atua sem fins lucrativos com a intenção de promover o avanço científico e tecnológico na área de saúde, com responsabilidade social. A Coordenação de Pesquisa do Instituto está estruturada nas áreas de conhecimento de medicina intensiva, medicina interna, neurociências, pediatria e oncologia.

Por sua vez, a categoria Membros Institucionais da ABC, criada no ano de 1999, destaca o trabalho de instituições tanto públicas quanto privadas que possuam interesse no desenvolvimento da ciência no país. O Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino já é a oitava a ser admitida neste grupo. As outras sete são: a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg); a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig); a Fundação Conrado Wessel (FCW); a Empresa Brasileira de Inovação e Pesquisa (Finep); o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa); a Vale; e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Todos os membros institucionais da Academia Brasileira de Ciências se comprometem a contribuir para a manutenção das atividades da entidade. Em contrapartida, o compromisso da ABC é em realizar um evento anual sobre um tema de interesse das instituições parceiras.

A primeira parceria

A edição do livro Projeto de Ciência para o Brasil foi o primeiro projeto realizado em parceria entre o Instituto D'Or e a ABC.  A obra é um trabalho de quase dois anos que reuniu mais de 180 cientistas de diversas áreas em grupos de estudo, preparando documentos analíticos e propositivos sobre a ciência e a inovação no Brasil.

"É um livro voltado para o futuro, por duas razões. Primeiro, expõe o cenário atual da inovação tecnológica e das pesquisas em várias áreas do conhecimento, de forma acessível ao público leigo, motivando-o a um envolvimento maior com a ciência e a inovação; além disso, propõe políticas públicas para que o Brasil possa se beneficiar da fronteira do conhecimento, em benefício de sua população e de seu protagonismo internacional. Deverá cumprir, também, o papel de ajudar a divulgar, junto à sociedade brasileira, o que é feito pela ciência nacional e quais os principais desafios para o futuro. Essa divulgação é essencial para que se possa realizar uma sólida mobilização em prol do desenvolvimento científico e tecnológico do país", escreve Davidovich na apresentação da publicação.

Jorge Moll, assim como os também neurocientistas Stevens Rehen e Roberto Lent, da equipe do Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino, está entre os autores do capítulo 3 — "Por dentro do cérebro". Ciência básica, saúde, biodiversidade, desigualdades sociais, energia, recursos hídricos, pesquisa espacial, novas tecnologias e inovação são alguns dos outros temas abordados na publicação.

O livro "Projeto de Ciência para o Brasil" pode ser acessado clicando aqui.

O presidente do Instituto D'Or, Jorge Moll Neto

O neurologista Jorge Neval Moll Neto é presidente e, também, cofundador do Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino. No que diz respeito a sua formação acadêmica, ele graduou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1994 e, em 1997, concluiu a residência médica em Neurologia, realizada também na UFRJ.

Jorge Moll é, ainda, Doutor em Ciências (Fisiopatologia Experimental -Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo (USP - 2003) e especialista na área de neurociência cognitiva — com pós-doutorado na Cognitive Neuroscience Section, no National Institute of Neurological Disorders and Stroke (NINDS), do National Institutes of Health (NIH - EUA), feito de 2004 a 2007. Em sua pesquisa, Moll focalizou as áreas de bases neurais do comportamento e cognição moral, neurociência e psicologia social, emoções morais e comportamento antissocial— através de estudos clínicos em pacientes com distúrbios neuropsiquiátricos e experimentos de ressonância magnética funcional.

Jorge Moll Neto também é editor associado dos periódicos Social Neuroscience e Dementia & Neuropsychologia, e revisor da Science, Trends in Cognitive Sciences, Archives of General Psychiatry, Journal of Neuroscience, Journal of Cognitive Neuroscience, entre outros.



Website: http://www.jorgemoll.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade