0

Ouro fecha em alta com busca por segurança ante aumento da covid-19 nos EUA

29 jun 2020
17h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O contrato futuro mais líquido de ouro fechou em alta nesta segunda-feira, 29, com investidores ainda buscando a segurança do metal precioso ao ser confrontados com a velocidade com que os casos de covid-19 retornam nos Estados Unidos e na América Latina. Com juros baixos e rendimentos de Treasuries menos atrativos, os investidores ainda partem para a segurança do metal, mesmo com mercado de ações no azul, avaliam economistas.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange, o ouro para agosto encerrou em alta de 0,05%, a US$ 1.781,20 a onça-troy.

Apesar das notícias de sucesso em testes de vacina, que estão apoiando um otimismo contido no mercado acionário hoje, "a aversão ao risco retornou", afirma o Commerzbank. "Os mercados de ações estão sob pressão devido ao aumento de novos casos de coronavírus nos EUA e na América Latina. A situação sugere que o ouro continuará em sua trajetória ascendente nesta semana", aponta.

O número de mortos pela pandemia de coronavírus ultrapassou 500 mil e as infecções atingiram 10 milhões neste fim de semana, segundo dados compilados por pesquisadores da Universidade Johns Hopkins.

"Riscos persistentes nos mercados globais e rendimentos de títulos do governo deslizantes continuam empurrando o capital para o ouro", escreveu Ipek Ozkardeskaya, analista sênior do Swissquote Bank, em relatório desta segunda-feira.

Veja também:

Bolsonaro viraliza com uso e defesa polêmica da hidroxicloroquina
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade