PUBLICIDADE

Mulher quebra frasco de vacina anticovid da Janssen em Ceilândia, no DF

Duas doses de vacina da Janssen foram inutilizadas e outras 15 foram encaminhadas para análise, segundo informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

10 jul 2021 19h05
| atualizado em 11/7/2021 às 14h42
ver comentários
Publicidade

Uma paciente de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de Ceilândia, região administrativa do Distrito Federal, agrediu uma servidora e quebrou um frasco de vacina contra a covid-19 da Janssen na manhã desta sexta-feira, 9. As informações são da Secretaria Estadual de Saúde do Distrito Federal (SES-DF).

A pasta confirmou que, ao todo, foram quebradas duas doses de vacina anticovid, que estavam em um mesmo frasco. Além delas, outras 15 doses, que estavam distribuídas em três frascos, tiveram exposição a temperatura diferente da ideal e foram encaminhados para análise.

Todas são de imunizantes da Janssen, que devem ser armazenados em temperaturas entre 2°C e 8°C.

O caso aconteceu na Unidade Básica de Saúde nº 5, que atende moradores de Ceilândia. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a servidora agredida registrou um boletim de ocorrência em uma delegacia da região e a Polícia Militar (PM) foi acionada para garantir a segurança da UBS durante o período da tarde.

A pasta informou ainda que a mulher, que estava sendo atendida pela UBS, "aparentemente teve um surto psicótico", mas não deu mais detalhes sobre o caso.

Estadão
Publicidade
Publicidade