7 eventos ao vivo

Moderna diz que discute acordos para fornecer vacinas

Empresa afirmou que o imunizante contra o coronavírus pode estar disponível para uso amplo até o final do ano

5 ago 2020
08h56
atualizado às 09h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Moderna anunciou nesta quarta-feira que iniciou discussões com vários países para fornecer sua vacina experimental contra o coronavírus e recebeu cerca de 400 milhões de dólares em depósitos para abastecimentos futuros.

Prédio da Moderna em Massachusetts, nos Estados Unidos
18/05/2020 REUTERS/Brian Snyder
Prédio da Moderna em Massachusetts, nos Estados Unidos 18/05/2020 REUTERS/Brian Snyder
Foto: Reuters

Na semana passada, a Moderna anunciou o início de um teste de estágio avançado com 30 mil pessoas para demonstrar que sua vacina é segura e eficaz, a última barreira antes de obter o registro da vacina junto a órgãos reguladores. A empresa disse que o imunizante pode estar disponível para uso amplo até o final do ano.

"Reconhecemos a necessidade de uma precificação responsável diante da pandemia", disse o presidente-executiva da empresa Stéphane Bancel.

Veja também:

Coronavírus: 'A sala de aula dos meus filhos é o nosso carro'
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade