PUBLICIDADE

Mais de 143 milhões de brasileiros estão 100% vacinados

Número corresponde a 67,23% da população do País. Com inserção de dados afetada por conta do feriado, 16 Estados não divulgaram registros

1 jan 2022 21h21
| atualizado em 2/1/2022 às 09h14
ver comentários
Publicidade

O Brasil chegou neste sábado, 1º, a 143.408.061 pessoas totalmente vacinadas contra a covid-19 - com segunda dose ou dose única do imunizante. O número representa 67,23% da população do País. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, em balanço divulgado às 20h.

Profissional de saúde prepara vacina contra covid-19  para aplicação em Magé, no Rio de Janeiro
07/04/2021 REUTERS/Pilar Olivares
Profissional de saúde prepara vacina contra covid-19 para aplicação em Magé, no Rio de Janeiro 07/04/2021 REUTERS/Pilar Olivares
Foto: Reuters

Com a inserção de dados afetada por conta do feriado, 16 Estados não divulgaram novos registros de vacinação. O restante teve 51.276 aplicação de segunda dose ou dose única do imunizante nas últimas 24 horas.

A dose de reforço foi aplicada em 26.352.545 pessoas, equivalente a 12,35% da população. Deste número, 41.366 são novos registros. Um total de 161.236.948 pessoas (75,59% da população) tomou ao menos a primeira dose.

Somando todos os registros, 330.997.554 doses da vacina contra a covid-19 foram aplicadas no Brasil desde o começo da vacinação, que completa um ano neste mês de janeiro.

Os Estados com maiores porcentuais de totalmente vacinados são São Paulo (78,48%), Piauí (74,04%), Mato Grosso do Sul (72,09%), Minas Gerais (71,68%) e Rio Grande do Sul (69,74%).

O balanço de vacinação é resultado da parceria entre Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Estadão
Publicidade
Publicidade