0

Itália registra mais 170 casos e 5 óbitos em pandemia

País soma 246.286 contágios e 35.112 óbitos, segundo governo

27 jul 2020
12h41
atualizado às 13h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Itália registrou nesta segunda-feira (27) mais 170 casos e cinco mortes na pandemia do coronavírus Sars-CoV-2, elevando o total de contágios para 246.286 e o de óbitos para 35.112, de acordo com o Ministério da Saúde.

Movimentação na estação ferroviária de Tiburtina, em Roma
Movimentação na estação ferroviária de Tiburtina, em Roma
Foto: ANSA / Ansa

No último domingo (26), o país havia contabilizado 255 diagnósticos positivos e cinco vítimas. A Itália ainda registra 198.593 pacientes curados, o que significa 80,64% dos contágios já certificados, enquanto os casos ativos subiram pelo terceiro dia seguido e chegaram a 12.581.

Desse total, 45 estão internados em UTIs, um a mais que em 26 de julho. Os pacientes em terapia intensiva estão distribuídos por 10 das 20 regiões do país: Lombardia (14), Lazio (nove), Piemonte (cinco), Emilia-Romagna (quatro), Campânia (quatro), Sicília (quatro), Friuli Veneza Giulia (dois), Abruzzo (um), Ligúria (um) e Úmbria (um).

O país também tem 11.796 pacientes em isolamento domiciliar e 740 em acompanhamento hospitalar, mas fora da UTI. A Itália teve na semana passada o maior número de casos (1.653) para o período desde meados de junho, indicando uma estabilização na curva epidemiológica após mais de três meses de queda.

No entanto, o país também registrou a menor quantidade semanal de óbitos por covid-19 desde o fim de fevereiro. Foram 60 mortes entre 19 e 25 de julho, contra 97 dos sete dias anteriores. O recorde semanal de contágios ocorreu entre 22 e 28 de março, com 38.894, enquanto o pico de óbitos foi registrado entre 29 de março e 4 de abril, com 5.339.  

Veja também:

Por apoio à CPMF, Guedes vai propor cortar à metade tributos sobre salários
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade