PUBLICIDADE

Evento promovido pela FGV discute rumos da economia no Brasil e no mundo

Debate, feito em parceria com o 'Estadão', começa às 10h e terá a participação dos pesquisadores Armando Castelar, José Júlio Senna e Silvia Matos

10 jun 2021 05h10
| atualizado às 07h56
ver comentários
Publicidade

RIO - Após o desempenho da economia no início do ano surpreender, como ficará o cenário para a atividade econômica neste ano? A recuperação do tombo de 4,1% no Produto Interno Bruto (PIB, o valor de tudo o que é produzido na economia em determinado período) em 2020, por causa da covid-19, está consolidada? O crescimento econômico será sustentável, passado o pior?

Essas e outras questões estarão em debate hoje, às 10 horas, no II Seminário de Análise Conjuntural do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), organizado, totalmente online, em parceria com o Estadão.

No mundo todo, as projeções de crescimento econômico estão sendo revistas para cima na esteira do avanço da vacinação, do afrouxamento das medidas de isolamento social e restrição à locomoção, diz a apresentação do seminário online. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revisou sua projeção de crescimento para a economia global em 2021 para 5,8%, ante 5,6% anteriormente. O Banco Mundial estima que o crescimento global de 5,6% deste ano será o mais forte em 80 anos.

No Brasil, os dados do primeiro trimestre foram, mês a mês, desfazendo as expectativas de que a economia poderia começar 2021 em retração, como projetavam muitos economistas na virada do ano. Após a divulgação do PIB do primeiro trimestre, na semana passada, o Ibre/FGV revisou sua projeção de crescimento neste ano para 4,6%, ante 4,2% em maio.

O debate terá a participação dos pesquisadores Armando Castelar, coordenador da área de Economia Aplicada do Ibre/FGV, José Júlio Senna, chefe do Centro de Estudos Monetários do instituto, e Silvia Matos, coordenadora do Boletim Macro do Ibre. A moderação ficará a cargo de Adriana Fernandes, repórter especial e colunista do Estadão. Inscrições aqui.

Estadão
Publicidade
Publicidade