PUBLICIDADE

Entenda como funcionará o passaporte da vacinação em São Paulo

Cidade vai passar a exigir documento que comprove que o cidadão tomou a vacina contra a covid para entrar em eventos e estádios de futebol

24 ago 2021 15h04
ver comentários
Publicidade

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta segunda-feira, 23, que passará a exigir um passaporte da vacina, documento que comprova que os cidadãos estão imunizados contra a covid-19, para entrada em grandes eventos.

Leia algumas perguntas e respostas para você saber sobre :

O que é o passaporte da vacina?

A prefeitura da capital paulista vai disponibilizar os dados das pessoas imunizadas na cidade, por meio da plataforma e-SaúdeSP, da Secretaria Municipal de Saúde. Estas informações vão servir como um documento para que organizadores de eventos tenham acesso aos dados de quem se imunizou contra o coronavírus.

Como vai funcionar?

Os munícipes poderão acessar a plataforma e-Saúde e, lá, será disponibilizado um QR Code, que vai ser lido por um totem, tablet ou computador nos locais, permitindo a entrada dos cidadãos.

E quem não tem acesso ao aplicativo, como faz?

No caso das pessoas que não conseguem, por alguma razão, acessar ou baixar o aplicativo da prefeitura, será necessária a apresentação do cartão de vacinação comprovando que o cidadão tomou a vacina.

Onde será necessário apresentar o documento?

Segundo a prefeitura, eventos, como congressos, feiras de negócios, jogos de futebol e outros tipos, só vão permitir a entrada de pessoas imunizadas com a vacina contra o coronavírus.

Também vai ser obrigatório em restaurantes e bares?

Ao Estadão, o secretário de Saúde do município, Edson Aparecido, disse que não vai ser necessário apresentar o documento em bares e restaurantes e no comércio em geral.

O comerciante ou organizador que não adotar a medida sofrerá alguma punição?

A prefeitura ainda está montando os protocolos que vão conter as penalidades aplicáveis aos organizadores de eventos que permitirem a entrada de pessoas não vacinadas aos locais.

Quando a medida começa a valer?

A Secretaria ainda está definindo uma data exata, mas a previsão é de que o "passaporte da vacina" passe a ser exigido no início da próxima semana.

Apenas São Paulo exige a vacinação para entrar nos estabelecimentos e eventos?

Não. Niterói (RJ), Betim (MG), Autazes (AM) e Castanheiras (MT) são outras cidades que adotaram medidas semelhantes para permitir que os munícipes frequentem determinados locais, a fim de combater a disseminação da covid. Além desses lugares, a União Europeia exige o passaporte sanitário para pessoas que querem viajar pelos países que pertencem ao bloco. Estados Unidos também pede um documento que comprove a imunização.

Estadão
Publicidade
Publicidade