0

Em parceria com 7 empresas, Serasa oferece descontos de até 90% em débitos entre R$ 200 e R$ 1 mil

Preço máximo para quitação das dívidas é de R$ 100; com isso, abatimentos nos valores variam entre 50% e 90%

31 jul 2020
09h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em ação realizada em parceria com sete empresas, a Serasa, com o Serasa Limpa Nome, oferece descontos de até 90% em débitos que vão de R$ 200 a R$ 1 mil.

De acordo com a Serasa, cerca de 25 milhões de dívidas poderão ser renegociadas e quitadas por meio desta ação
De acordo com a Serasa, cerca de 25 milhões de dívidas poderão ser renegociadas e quitadas por meio desta ação
Foto: Pixabay/Reprodução / Estadão

Para poder ter acesso à ação, é preciso que a dívida esteja sob domínio de uma das empresas participantes. São elas:

  • Ativos S.A.
  • BMG
  • Credysystem
  • Kroton
  • Tricard
  • Recovery
  • Santander

Para quem tiver uma negativação de R$ 1 mil, ao pagar R$ 100 na regularização, o desconto final seria de 90%. Este é o porcentual máximo que pode ser atingido nesta iniciativa. Se for uma conta de R$ 200, que é o valor mínimo para conseguir redução no valor da dívida, a queda seria de 50%. Este é o menor porcentual de desconto que pode ser alcançado.

De acordo com a Serasa, cerca de 25 milhões de dívidas poderão ser renegociadas e quitadas por meio desta ação, que começou na quinta-feira, 30. A birô de crédito afirma, ainda, que cerca de nove milhões de brasileiros poderão ser beneficiados com os descontos promovidos pelo Serasa Limpa Nome. As renegociações estão disponíveis no site da entidade. Também é possível checar as dívidas no aplicativo, disponível para Android e iOS.

As agências da Serasa estão fechadas, por conta da pandemia do novo coronavírus, causador da covid-19. Para quem preferir, é possível solicitar negociações pelo Whatsapp, por meio do número (11) 9 - 8870 - 7025.

Veja também:

Por apoio à CPMF, Guedes vai propor cortar à metade tributos sobre salários
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade