PUBLICIDADE

Brasil registra mais de 19 mil casos e 94 mortes por covid-19 em 24h

Média móvel de casos cresceu 15,6% em duas semanas, e ultrapassou os 34 mil

18 jun 2022 20h22
ver comentários
Publicidade

O Brasil registrou 19.810 novos casos de covid-19 neste sábado, 18. A média móvel de testes positivos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 34.477. Em duas semanas, ela cresceu 15,6%. O País enfrenta nova alta de casos desde meados de maio, mas está distante do que foi visto na onda puxada pela Ômicron.

O País também notificou 94 novas mortes pelo coronavírus nesta quarta, enquanto a média móvel de óbitos ficou em 133. No total, o Brasil acumula 669.062 vítimas e 31.691.009 casos da doença.

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 30,3 milhões de pessoas se recuperaram da doença desde o início da pandemia.

<p><iframe aria-label="Interactive line chart" frameborder="0" height="400" id="datawrapper-chart-5ekMD" scrolling="no" src="https://datawrapper.dwcdn.net/5ekMD/1/" style="width: 0; min-width: 100% !important; border: none;" title="Evolução diária de mortes pela covid-19 no Brasil"></iframe><script type="text/javascript">!function(){"use strict";window.addEventListener("message",(function(a){if(void 0!==a.data["datawrapper-height"])for(var e in a.data["datawrapper-height"]){var t=document.getElementById("datawrapper-chart-"+e)||document.querySelector("iframe[src*='"+e+"']");t&&(t.style.height=a.data["datawrapper-height"][e]+"px")}}))}();

</script></p>

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho de 2020, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

O Ministério da Saúde não atualiza os dados desde quarta-feira, 15. Na data, segundo a pasta, o País somava 31.611.769 pessoas infectadas e 632.304 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Estadão
Publicidade
Publicidade