4 eventos ao vivo

Ata do BCE indica mais afrouxamento de política monetária em junho

22 mai 2020
10h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Banco Central Europeu está "totalmente preparado" para fornecer ainda mais estímulo a partir de junho, a fim de sustentar uma economia que pode encolher com força este ano devido à pandemia de Covid-19, mostrou nesta sexta-feira a ata da reunião de abril do banco

Mulher usa máscara de proteção ao caminhar em frente à sede do BCE em Frankfurt
29/04/2020
REUTERS/Kai Pfaffenbach
Mulher usa máscara de proteção ao caminhar em frente à sede do BCE em Frankfurt 29/04/2020 REUTERS/Kai Pfaffenbach
Foto: Reuters

O BCE já divulgou uma longa lista de medidas para mitigar a recessão, incluindo 1,1 trilhão de euros em compras de títulos e empréstimos a taxas profundamente negativas. As autoridades de política monetária aparentemente temem que isso não será suficiente.

Argumentando que uma recuperação em forma de "V" é improvável já que as quarentenas podem ter longa duração, as autoridades de política monetária destacaram flexibilidade no Programa de Compra de Emergência Pandêmica (PEPP) de 750 bilhões de euros do banco, seu principal esquema de compra de títulos durante a crise.

"Ele (o Conselho do BCE) estava totalmente preparado para aumentar o tamanho do PEPP e ajustar sua composição, e potencialmente seus outros instrumentos, se, à luz das informações disponibilizadas antes da reunião de junho, julgasse que a escala do estímulo estava aquém do necessário", afirmou o BCE.

Embora as autoridades tenham adiado o ajuste de compras de títulos em abril, a ata provavelmente estimulará especulações de nova medida quando elas se reunirem em 4 de junho.

Analistas consultados pela Reuters já esperam que o BCE aumente a compra de títulos em 375 milhões de euros em junho, com alguns elevando esse aumento a 750 milhões.

Veja também:

Coronavírus: 'A sala de aula dos meus filhos é o nosso carro'
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade