1 evento ao vivo

Volta a chover em Rio Branco e em Porto Velho nesta sexta

A chuva que vai atingir o Acre e Rondônia vão se estender pelos próximos dias.

11 jul 2019
22h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O ar seco que ganhou força sobre o sul da Região Norte nos últimos dias perde força e a chuva volta a ocorrer no Acre e em parte de Rondônia nesta sexta feira, 12 de julho.  A condição para mais chuva nestes estados vai se estender nos próximos dias.

O ar polar que entrou no Brasil na semana passada, com a passagem de uma forte frente fria, chegou a diminuir as temperaturas sobre os estados do Acre e de Rondônia e a entrada do ar seco afastou a chuva destes estados. A temperatura nos dois estados está em elevação e a amplitude térmica é grande.

Em o Acre, incluindo Rio Branco, no norte de Rondônia, incluindo Porto Velho, no estado do Amazonas, do Amapá, nas regiões centro, norte e oeste do estado do Pará, incluindo as capitais BelémManausMacapá a previsão para esta sexta-feira é de sol pela manhã e pancadas de chuva moderadas a forte a partir da tarde. Em Boa Vista pode chover a qualquer hora do dia, mas o sol ainda aparece.

Nas demais regiões de Rondônia, nas outras áreas do Pará e em todo o estado do Tocantins, incluindo Palmas, o ar seco continua predominando e o dia é ensolarado sem condição para chuva.

Final de semana

Durante o final de semana, quase toda a Região Norte do Brasil terá sol e pancadas de chuva com raios à tarde e à noite.  

No sábado, 13 de julho, a região de Altamira e de Santarém, no Pará, de Macapá e da ilha da Marajó terão um dia com períodos de sol e chuva a qualquer hora. 

No domingo, 14, é sudoeste do Amazonas, onde estão as regiões de Tefé e de Lábrea, que terá chuva a qualquer hora.

As pancadas de chuva voltam a ocorrer sobre o Acre e devem se espalhar mais sobre Rondônia. Só o sul deste estado deve continuar sem chuva.

Foto: Climatempo

Foto de Eduardo Miranda - Porto Velho, RO

Julho com muita chuva em Manaus e em Boa Vista

Julho já é época de grande redução da chuva na região de Manaus, mas este ano está sendo diferente. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), em 11 dias a capital do Amazonas acumulou 97,7 mm de chuva. Isto representa 35% de chuva acima da média normal para julho que é de aproximadamente 75 mm.

Já em Boa Vista, capital de Roraima, julho é um mês de chuva frequente e volumosa. Em 11 dias, o INMET registrou 186,2 mm de chuva, que representam 65% da média de chuva normal para julho que é de aproximadamente 286 mm.

Até agora, Boa Vista tem o maior volume de chuva acumulado em julho entre as capitais brasileiras, segundo o INMET.

Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade