0

Temperatura volta a baixar em MS e em MT

Nova dose de ar polar passa rapidamente sobre o Centro-Oeste, mas não atinge toda a Região

20 jul 2018
15h09
atualizado às 16h21
  • separator
  • comentários

Parte da Região Centro-Oeste do Brasil completa um mês de inverno sentido os efeitos da passagem de uma frente fria. A nebulosidade e umidade aumentam e a temperatura cai em  em Mato Grosso do Sul e em grande parte e de Mato Grosso, mas Goiás e o Distrito Federal praticamente não vão sentir os efeitos desta frente fria.

O ar frio de origem polar desta frente fria causa acentuada queda da temperatura em Mato Grosso do Sul e em várias áreas de Mato Grosso. Esfria neste sábado, 21, em Campo Grande e em Cuiabá, mas Goiânia e Brasília continuam quentes no fim de semana.

Menos de 10°C em Mato Grosso do Sul

Apesar da grande quantidade de nuvens que se espalha sobre o Mato Grosso do Sul no sábado, 21 de julho, a chance de alguma chuva é muito baixa. Alguns locais na fronteira com o Paraguai podem ter chuviscos.

A grande mudança será na temperatura que vai ficar bem mais baixa do que nos últimos dias. Não há expectativa de novos recordes de frio em Campo Grande, mas a sensação de frio predomina no sábado. O sul de Mato Grosso do Sul amanhece com temperatura um pouco abaixo dos 10°C.

Já no domingo, o ar polar começa a se afastar e a temperatura sobe rapidamente. A madrugada do domingo será será fria, mas a tarde será de calor. Há risco de nevoeiro o começo da manhã, inclusive em Campo Grande.

Menos calor em Cuiabá

O estado de Mato Grosso continua sem chuva neste fim de semana, mas as áreas próximas da fronteira com a Bolívia e o sul do estado, incluindo a região de Cuiabá, terão mais nebulosidade neste sábado. O calor diminui no centro, oeste e sul de Mato Grosso com a passagem do ar frio de origem polar neste fim de semana. Não há previsão de recordes de frio para Cuiabá, mas a população terá um sábado fresco, sem o calorão dos últimos dias. A sensação será até de um pouco de frio no começo da manhã. Desde o início de julho, a temperatura Cuiabá, capital de Mato Grosso, tem ficado acima dos 34°C em quase todas as tardes.

Para o domingo, a previsão já é de aquecimento em Mato Grosso, com o afastamento do ar polar. O dia amanhece friozinho, mas esquenta rápido e a tarde será quente.  Há risco de nevoeiro o começo da manhã, na fronteira com a Bolívia e no sul do estado, inclusive em Cuiabá.

Foto: Climatempo

Foto de Gean Carlos, Castanheira (MT)

Calor e ar seco em GO e no DF

A nova massa de ar frio que avança sobre o Centro-Oeste não terá força para vencer a grande e forte massa de seco e quente que vem predominando sobre o país. Este ar quente e seco persiste sobre Goiás e sobre o Distrito Federal. A temperatura continua elevada e não há previsão de aumento relevante da nebulosidade.

De

1 de maio até 20 de julho (81 dias)

, o INMET registrou c

huva em apenas 1 dia em Goiânia e em Brasília

. As duas capitais tiveram chuva moderada no dia 19 de maio. Não choveu em junho e nem em julho, até agora. Em 2017, Goiânia e Brasília não tiveram chuva em junho e nem em julho. Porem, em maio, Brasília acumulou aproximadamente 64 mm de chuva, 64% acima da média, e em Goiânia choveu 48 mm, 32% acima do normal.

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade