PUBLICIDADE

São Paulo pode ganhar calor recorde de presente de aniversário

Confira a previsão para o fim de semana e saiba porque não choveu na sexta-feira

21 jan 2022 21h51
| atualizado às 22h05
ver comentários
Publicidade

Foto: São Paulo (SP), por Marcelo Pinheiro (E) e Angela Ruiz (D)

Depois de vários temporais e muitos estragos pela cidade, a chuva deu uma trégua a São Paulo nesta sexta-feira, 21 de janeiro, completando 1 mês de verão. A estação começou astronomicamente em 21 de dezembro de 2021.

Nos últimos dois dias, o sol brilhou forte durante toda a manhã até o começo da tarde, mas depois das 14 horas, as nuvens escuras cobriram rapidamente o céu e despejaram a chuva pesada sobre a Grande São Paulo

Segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergências, foram registrados 22 pontos de alagamento no dia 20 de janeiro, sendo 14 intransitáveis. O recorde de alagamentos do ano, até agora, foi do dia 16 de janeiro, quando ocorreram 27 pontos de alagamento, com 20 intransitáveis.

Foto: Climatempo

Foto: São Paulo (SP), por Paula Soares (E) e Stefanie Tozzo (D)

Cadê a chuva que não caiu aqui?

O temporal não veio na sexta-feira porque o ar ficou mais seco. Desde o começo da semana, a circulação dos ventos sobre a região do estado de São Paulo estava forçando a concentração de umidade e isto facilitou a formação das grandes nuvens que provocaram a chuvarada.

Na sexta-feira, 21 de janeiro, os ventos mudaram e diminuíram a umidade sobre a Grande São Paulo, o que dificultou a formação das nuvens carregadas. 

Foto: Climatempo

Foto: São Paulo (SP), por Marcelo Pinheiro (E) e Angela Ruiz (D)

A umidade baixou muito em São Paulo. Na região do aeroporto de Congonhas, às 17 horas da sexta-feira, a umidade relativa do ar era de 58% e na quinta,  88%. Às  16 horas da sexta, a umidade relativa era 45% hoje e na quinta, 62%.

A temperatura hoje chegou aos 31,6°C, mas não houve o recorde. Na quarta-feira, 19, São Paulo teve o recorde de calor para 2022, até agora, com a temperatura de 33,7°C.

Fim de semana

O fim de semana é prolongado para muita gente por causa do aniversário de São Paulo na próxima terça-feira, 25 de janeiro. O estado de São Paulo terá muito sol, calorão e poucas pancadas de chuva. Na Grande SP, a chuva que ocorrer será bem isolada e em pequenas áreas, mas pode cair com moderada 

Presente para São Paulo: recorde de calor 

O calor é que só vai aumentar nos próximos dias. A cidade de São Paulo pode ganhar de presente de aniversário um novo recorde de calor para 2022 na terça-feira, 25 de janeiro. O recorde atual é de 33,7°C, no dia 19 de janeiro.

A maior temperatura no estado de São Paulo na sexta-feira, 21 de janeiro, foi de  35,1°C em Tupã.

Climatempo
Publicidade
Publicidade