0

Safra mundial de café 2018-2019 atinge 174,5 milhões/sacas

Produção de café arábica com 104 milhões de sacas de 60kg corresponde a 60% e de café robusta com 70,5 milhões de sacas a 40% do total global

2 set 2019
08h56
  • separator
  • 0
  • comentários

A produção de café em nível mundial no ano cafeeiro-2018-2019 atingiu 174,5 milhões de sacas de 60kg. Desse volume, o café da espécie arábica somou 104 milhões de sacas, o que corresponde a 60% desse total, e o café robusta 70,5 milhões que equivale a 40%.

Esse volume total foi 9,8% superior à safra anterior (2017-2018), a qual foi de 158,9 milhões de sacas de 60kg, sendo 94,5 milhões de sacas de café arábica e 64,4 milhões de sacas de robusta.

Nesse mesmo contexto da produção global de café, se for estabelecido um ranking apenas dos três maiores produtores, verifica-se que o Brasil ocupou o primeiro lugar na produção, cuja safra totalizou 61,6 milhões de sacas e correspondeu a 35,3% da mundial.

Em segundo lugar, destaca-se o Vietnã com 29 milhões de sacas de 60kg, volume que representa 16,6% do que foi colhido no planeta e, em terceiro, a Colômbia que registrou 14,3 milhões de sacas colhidas e foi responsável por 8,2% da safra global. Há que se registrar que a Colômbia produz exclusivamente café da espécie arábica e o Vietnã robusta.

Ranking do café

A fim de ampliar esse estudo e estabelecer um ranking dos seis principais países produtores de café, em nível mundial, com base em números do ano-safra 2017-2018, a Organização Internacional do Café (OIC), fez um levantamento dos dados da produção total de café e registrou uma produção mundial de 158,6 milhões de sacas de 60kg - praticamente igual à mencionada anteriormente. Ainda de acordo com estes dados, o Brasil, em primeiro lugar, teve uma produção de  51 milhões de sacas de 60kg, volume equivalente a 32,2% nesse ano.

Na sequência, vem o Vietnã, em segundo lugar, com 29 milhões de sacas (18,6%). Colômbia figura em terceiro lugar com 14 milhões de sacas (8,8%), e Indonésia em quarto lugar com 10,9 milhões de sacas (6,9%). Seguidos de Honduras, em quinto, que produziu 8,3 milhões de sacas (5,3%) e, por fim, em sexto, a Etiópia com 7,6 milhões de sacas (4,8%).

O Sumário Executivo do Café - Agosto de 2019, especificamente em relação aos Cafés do Brasil, também traz dados que permitem estabelecer um 'Comparativo de área em produção, produtividade e produção', tanto para o café arábica como para o café robusta (conilon).

Assim, na safra de 2019 o café arábica ocupa uma área de 1,47 milhão de hectares com produção estimada de 37 milhões de sacas de 60kg e produtividade de 25,2 sacas por hectare.

Quanto ao café robusta, o Sumário destaca que a área em produção é de 373,3 mil hectares, com produção de 13,9 milhões de sacas e produtividade de 37,4 sacas por hectare.

Fonte: Observatório do Café

AgroclimaPro 

Para saber se o melhor caminho é aguardar ou seguir em frente com o plantio você pode contar com o Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão da Climatempo. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua região e, ainda melhor, para a sua fazenda!

A chuva pode até não vir agora, mas seu planejamento precisa estar em dia!

Assine o Agroclima PRO de agosto a fevereiro e ganhe a previsão para a 2º safra!!!

Foto: Climatempo
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade