0

Recorde de frio em BH, Florianópolis e Vitória

Tarde mais fria do ano

19 mai 2017
22h10
  • separator
  • comentários

Várias capitais brasileiras registraram recorde de temperatura na sexta-feira, 19 de maio. A maioria dos recordes foi de menor temperatura máxima e de tarde mais fria do ano por causa do excesso de nebulosidade , de chuva e da influência de ventos de frios de origem polar . Estes ventos são sentidos em toda a costa do Sul, do Sudeste e até no leste do Nordeste e são gerados por uma grande e forte massa de ar polar (alta pressão de origem polar) centrada ao largo do litoral da Argentina.

Recordes

Confira os recordes ocorridos em 19/5/17, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia

21,6°C

Tarde mais fria do ano

menor temperatura máxima em 2017 (recorde anterior: 22,2°C em 18/5 e 27/4)

20,1°C

Tarde mais fria do ano

menor temperatura máxima em 2017 (recorde anterior: 22,8°C em 17/5)

23,1°C

Tarde mais fria do ano

menor temperatura máxima em 2017 (recorde anterior: 24,3°C em 29/4)

27,8°C

Tarde mais fria do ano

menor temperatura máxima em 2017 (igualou o recorde 18/5)

24,3°C

Madrugada mais quente do ano

maior temperatura mínima em 2017 (recorde anterior: 24,1°C em 27/3, 27/4 e 18/5)

Segunda tarde mais fria

A tarde de 19 de maio também foi bastante fria em  e no . As duas capitais registraram a segunda tarde mais fria do ano até agora. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou máxima de 22,5°C no Rio e de 17,3°C em São Paulo.

Em  também esfriou. A temperatura máxima foi de 16,9°C, a terceira menor deste ano.

Até o começo de junho, três massas polares devem causar frio no centro-sul do Brasil. As duas mais intensas vão ocorrer na virada de maio para junho. .

No dia 13/5/17, Belo Horizonte ainda estava ensolarada, quente e seca. A temperatura chegou aos 27°C.

Foto: Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade