PUBLICIDADE

Produtor inicia colheita de maça em Campina das Missões (RS)

Na serra catarinense, produtora rural diversifica e produz maça Fuji suprema

8 dez 2021 11h42
| atualizado às 12h10
ver comentários
Publicidade

Foto: Istock

A produção de maçã pode ser muito promissora na região de Santa Rosa, principalmente pela disponibilidade de novas variedades pouco exigentes em relação ao frio.

O produtor de frutas Verno Rockenbach, 76 anos, residente na Linha Butiá Norte, interior de Campina das Missões, se dedica à produção de frutas há muito tempo e há quatro anos solicitou o apoio do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar para providenciar mudas de qualidade para diversificar ainda mais o pomar em sua propriedade.

Rockenbach já produz bergamotas e laranjas, assim como implantou caquizeiros e nogueiras. Neste ano, celebra a primeira produção da maçã da variedade Eva e Julieta, adaptadas para o nosso clima.

Segundo o extensionista da Emater/RS-Ascar de Campina das Missões, engenheiro agrônomo Antônio Jung, a produção está no início e deve se estender até final de dezembro. A expectativa é de que a produtividade amplie gradativamente nos próximos anos. A produção é realizada sem o uso de agroquímicos e o pomar está protegido com barreiras naturais, assim como não há lavouras comerciais de culturas anuais próximas ao local.

A Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), busca estimular a fruticultura como forma de contribuir com a segurança e soberania alimentar das famílias assistidas e, em muitos casos, como oportunidade de geração de renda e promoção da sucessão familiar.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional de Santa Rosa

São Joaquim e a produção de maça

Em São Joaquim (SC), a produção de maça também é muito apreciada. Fruta da região de São Joaquim, produzida a mais de 1.100 metros de altitude, responde por 50% da produção nacional da variedade. A maçã fuji de Santa Catarina obteve, Indicação Geográfica(IG), concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

O inverno gelado de São Joaquim possibilita que as macieiras tenham 900 horas de frio por ano - com temperaturas inferiores a 7°C - requisito fundamental para a floração e desenvolvimento de frutas com qualidade. Essa é um dos diferenciais do município, que garante uma produção constante ao longo dos anos.

A produtora rural Kátia Fenner, produz maça Fuji Suprema e pêra em sua propriedade. Observe a foto abaixo enviada com exclusividade para o Agroclima. 

Foto: Climatempo

Foto: Kátia Fenner - São Joaquim - SC

De acordo com a produtora, o pomar esta com 1 ano e 6 meses. No momento, as maças ainda estão verdes. No final de fevereiro de 2022, estarão maduras e prontas para consumo. 

Foto: Climatempo

Foto: Kátia Fenner - pomar de pêra - São Joaquim - SC 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

O Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

Climatempo
Publicidade
Publicidade