0

Produção de café pode apresentar queda de 8,1%

Safra capixaba apresenta expansão no parque cafeeiro

15 abr 2019
08h08
  • separator
  • 0
  • comentários

A safra brasileira de café 2019/20, que está em processo inicial de colheita, deve ficar em 58,9 milhões de sacas de 60 quilos. É o que aponta a nova estimativa de SAFRAS & Mercado para a safra, realizada através de sondagem junto a cooperativas, produtores, exportadores, comerciantes, armazenadores e secretarias de agricultura.

A safra 2018/19, antes indicada por SAFRAS & Mercado em 63,7 milhões de sacas, foi revisada para cima para 64,1 milhões de sacas. Assim, SAFRAS estima uma queda de 8,1% na produção nova 2019/20.

Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, responsável pela estimativa, após um janeiro de umidade abaixo da média e temperatura muito elevada, as chuvas voltaram ao cinturão cafeeiro e garantiram uma boa granação à safra 2019. "E, lógico, isso refletiu diretamente sobre a perspectiva produtiva", destacou.

Assim, SAFRAS, que trabalhava preliminarmente com ideia entre 55,90 a 58,70 milhões de sacas, ajustou o seu número para 58,9 milhões de sacas, confirmando o cenário mais otimista.

O número da safra 18/19 foi corrigido de 63,70 milhões para os atuais 64,10 milhões de sacas, "por conta do resultado acima do esperado em algumas regiões produtivas. A excelente performance na exportação aliado aos armazéns ainda cheios para o período do ano reforçam esse sentimento de uma safra maior que a esperada no ano passado", comenta.

A produção de arábica é projetada em 40,70 milhões de sacas, o que corresponde a uma quebra de 15% em relação à temporada passada (47,90 milhões de sacas). "O atual ciclo produtivo é de carga mais baixa, ainda mais depois do recorde produtivo de 2018. O rejuvenescimento do parque cafeeiro e a alternância de ciclos produtivos entre talhões em algumas áreas produtivas ajuda a atenuar o efeito bienal", avalia Barabach.

Na contramão do arábica, a produção de robusta deve crescer 12% esse ano e alcançar 18,20 milhões de sacas. "Destaque à safra capixaba, que deve ter mais um ano de expansão, depois de temporadas seguidas de seca e produção bem abaixo do seu potencial", conclui.

AgroclimaPro

Para saber se o melhor caminho é aguardar ou seguir em frente com o plantio você pode contar com o Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão da Climatempo. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua região e, ainda melhor, para a sua fazenda! Nessa safra, a atenção em relação ao melhor momento para o plantio será fundamental para garantir a uniformidade das lavouras. Confiar nas previsões e na expertise da principal empresa privada de meteorologia do país será fundamental para garantir o sucesso da safra que está prestes a iniciar!

Acerte na sua safra! Assine agora mesmo o Agroclima PRO

Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade