0

Previsão de muita chuva e ventania para o Sul do Brasil

Regiões no RS acumularam mais de 100 mm apenas nesta quinta-feira. Nuvens carregadas avançam para SC e PR. Volta a esfriar no fim de semana.

21 mai 2020
16h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Áreas de instabilidade começaram a se espalhar sobre o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, 21 de maio, provocando chuva bastante volumosa em vários locais do estado. Em menos de 24 horas, o acumulado de chuva passou de 100 mm.  Em alguns locais, chove o equivalente a toda a média de chuva média para o mês de maio.

Confira alguns volumes de chuva elevados registrados entre 15h20 do dia 20 e 15h20 de 21 de maio de 2020, pela medição do  CEMADEN. 

Alegrete/Ibirapuitã: 165,4 mm

Uruguaiana/Distrito de Uruguaiana: 153,8 mm

Quaraí/Vila José Carlos: 112,0 mm

Rosário do Sul/Serra do Caverá: 80,8 mm

Volumes de chuva em 24 horas, entre 15 horas do dia 20 e 15 horas do dia 21 de maio, registrados pelo INMET - Instituto Nacional de Meteorologia 

Uruguaiana: 119,2 mm

Quaraí: 92,8 mm

São Gabriel: 76,8 mm

Alegrete: 68.6 mm

Caçapava do Sul: 68,2 mm

Dom Pedrito: 64,8 mm

De forma geral, a média de chuva em todas estas regiões gaúchas varia de 150 mm a 175 mm, de acordo com cálculos do INMET para o período de 1981 a 2020.

Frente fria em formação

Essas grandes áreas de instabilidade que crescem entre o Brasil, o Paraguai, o Uruguai e a Argentina se organizam como uma frente fria que avança sobre o Sul do Brasil durante esta sexta-feira, 22 de maio.

As nuvens carregadas vão se espalhar também sobre Santa Catarina e Paraná.  A sexta-feira é de alerta para temporais nos três estados da Região Sul.  Até o final do dia algumas áreas no centro-oeste de Santa Catarina e também no centro-oeste e sul do Paraná podem acumular 100 mm ou mais,  o que corresponde a grande parte da média de chuva para maio.  

Essa chuva volumosa veio em boa hora para aliviar o grave quadro de estiagem que se observa no Sul do Brasil devido à falta de chuva durante o verão e também neste outono.

Foto: Climatempo

Foto de Luiz Henrique do N. Moraes, Foz do Iguaçu (PR)

Ventania 

A população dos estados da Região Sul deve ficar atenta nesta sexta-feira porque, além da chuva forte que pode causar alguns transtornos, há também o risco de raios e ventania. As rajadas de vento durante esta sexta-feira, 22 de maio, podem chegar aos 90 km por hora em vários locais do Sul do Brasil e, em áreas serranas, essas rajadas podem até superar um pouco os 100 km/h.

As fortes rajadas de vento podem ser provocadas pelas nuvens carregadas que passam sobre o Sul do Brasil nesta sexta-feira, mas também pelo processo de formação de um ciclone extratropical na altura do Rio Grande do Sul.

Confira alerta especial para o Sul do BR

Frio no fim de semana

Durante o fim-de-semana, as áreas de chuva enfraquecem sobre o Sul do Brasil, mas no sábado, 23, ainda chove nos três estados. A chuva vai parando no decorrer do dia.

A presença de um ciclone extratropical na costa da Região Sul provoca fortes rajadas de vento, que vão aumentar a sensação de frio. Durante este fim de semana, o ar frio de uma nova massa de ar de origem polar avança com força sobre o Sul do Brasil causando acentuada queda da temperatura. 

Começa a esfriar no sábado, mas o frio aumenta no domingo. A madrugada do domingo será gelada. As nuvens carregadas saem do Sul do Brasil e o sol volta a predominar.

Tem previsão de geada para a segunda-feira, 25 de maio.

Veja também:

Previsão Brasil - Chuva frequente em áreas do Nordeste
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade