1 evento ao vivo

Nevoeiro e ar seco nesta sexta

Nível de umidade do ar fica abaixo dos 20% em vários estados brasileiros.

12 jul 2018
23h03
  • separator
  • comentários

O nevoeiro e a secura do ar podem ser trazer transtornos para muita gente nesta sexta-feira, 13 de julho. A passagem do ar de origem polar sobre uma região causa queda de temperatura e também do nível de umidade no ar.

O nevoeiro está associado com frio da madrugada e do amanhecer, que condensa o ar úmido que se concentra nas primeiras horas da manhã. Nesta sexta-feira, o frio intenso do começo da manhã pode gerar nevoeiro no leste de São Paulo, no Rio de JAneiro, no Espírito Santo, em áreas da Zona da Mata Mineira, do Vale do Rio Doce e do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Pode haver a formação de nevoeiro em vários locais do Sul do Brasil. Os aeroportos das capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba pode ter redução da visibilidade.

Foto de Guilherme Gaspardi, Itapira (SP)

Brasil seco

O ar de origem polar é naturalmente seco e por isso o nível de umidade no ar sempre diminui com a passagem de massas de ar frio. Em um dia seco temos poucas nuvens e muito sol, o que faz a temperatura subir rapidamente. Assim, em dias de influência de ar polar é comum termos o amanhecer frio, mas muito sol também e por isso o restante do dia não fica tão gelado. A noite esfria rapidamente.

A medida que o ar polar se afasta de uma região, o aquecimento do ar aumenta durante o dia. A elevação da temperatura faz o nível de umidade no ar baixar ainda mais. É esta situação que temos em quase todo o Brasil nos próximos dias: ar muito seco, sol, frio de manhã cedo e temperaturas relativamente altas à tarde.

Na quinta-feira, 12, por causa da influência do ar polar, níveis de umidade do ar abaixo dos 20% foram observados em áreas de São Paulo de de Minas Gerais. Nos próximos dias, níveis de umidade do ar abaixo dos 20% devem se repetir nestes estados e podem ocorrer também em parte do Sul do Brasil e no Centro-Oeste. Mas no interior do Nordeste e no Tocantins, por causa da falta de chuva prolongada e do calor intenso, a umidade no ar também fica abaixo dos 20%.

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade