0

MS pode ter chuva forte nos próximos dias

Chuva enfraquece no fim de semana em MT, GO e DF

24 nov 2017
15h00
atualizado em 27/11/2017 às 13h54
  • separator
  • comentários

A partir deste sábado, a circulação de ventos sobre o Brasil muda, e o ar úmido volta a entrar em Mato Grosso do Sul. O calor e o aumento da umidade, além da queda da pressão atmosférica entre o Paraguai, Bolívia e Mato Grosso do Sul vão facilitar a formação de nuvens carregadas sobre o estado.

No entanto, antes dessa chuva acontecer, o sol vai aparecer forte em todas as regiões de Mato Grosso do Sul e o dia será bem quente em todo o estado. As pancadas de chuva podem vir com raios e rajadas de vento fortes à tarde ou à noite. Essas chuvas serão de curta duração, e por enquanto não há alerta para tempestades severas.

Mas atenção no domingo! Áreas de instabilidade vão ganhar força no Paraguai durante o dia, e nuvens carregadas irão avançar pelo Mato Grosso do Sul. Com isso, o tempo vai ficar mais instável, com maior risco de chuva forte. Na região de Ponta Porã e no extremo sul do estado deve chover praticamente o dia todo. Na região de Campo Grande e em outras áreas de MS, as pancadas de chuva podem acontecer a qualquer hora do dia, mas com alguns momentos com sol. 

Há também previsão de bastante chuva em Mato Grosso do Sul para segunda e terça-feira.

Mais chuva para MT, GO e DF

Neste sábado, nuvens bastante carregadas ainda crescem sobre o centro-norte de Mato Grosso, centro-norte de Goiás e o Distrito Federal. A previsão é de um sábado com muitas nuvens e varias pancadas de chuva ao longo do dia, que podem vir acompanhadas de raios. Pode ventar forte, e as rajadas mais intensas podem alcançar até 80km/h.

O sul de Goiás e de Mato Grosso, incluindo a região de Cuiabá, podem ter pancadas de chuva a partir da tarde, mas de forma passageira.

Durante o domingo, as áreas de instabilidade enfraquecem sobre o Distrito Federal, centro-norte de Goiás e de Mato Grosso. Essas regiões terão mais sol e calor, com pancadas de chuva rápidas a partir da tarde.

Foto: Climatempo
Foto de Gabriel Henrique - Campo Grande, MS

Chuva nas capitais do CO

O Instituto Nacional de Meteorologia, do dia 1/11 até às 10h do dia 24/11 (horário de Brasilia), registrou 189,4 milímetros de chuva em Cuiabá, capital do Mato Grosso do Sul. Esse valor está 23% acima da média para novembro. Na região de Campo Grande, capital de MS, o acumulado de chuva em 24 dias foi de 190,4 milímetros, total que esta apenas 8% abaixo da média para este mês.

Em Goiânia, capital de Goiás, o INMET registrou 200,9 milímetros de chuva, volume que está 9% abaixo da média para o mês, que é de aproximadamente 220 milímetros. Em Brasília, o acumulado de chuva em 24 dias foi de 164,2 milímetros, total que está 31% abaixo da média normal para novembro.

Climatempo
  • separator
  • comentários
publicidade