PUBLICIDADE

Manaus registra a menor temperatura máxima desta primavera

Manaus registrou a menor temperatura máxima desta primavera. Novembro está com chuva abaixo da média, mas a tendência é que voltem os temporais na região.

12 nov 2021 14h38
ver comentários
Publicidade

Foto: Manaus (AM)/iStock

Por: Fabiene Casamento e Paula Soares

Manaus registrou temperatura máxima de 28,2°C em 11 de novembro de 2021, pela estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Essa foi a menor temperatura máxima desta primavera de 2021, que começou em 22 de setembro.

A menor máxima da primavera de 2020 foi de 27,3°C, no dia 15/12/2020.

Na última quinta-feira(11) a capital também registrou a menor máxima desde o dia 03 de julho de 2021, quando os termômetros marcaram 27,3°C.

A menor temperatura máxima de 2021 foi de 26,7°C no dia 10/01/2021.

Com relação à novembro: Os 28,2°C ficou 4,4°C abaixo da sua média climatológica do mês, que é de 32,6°C.

Em 2020 teve um dia mais frio em novembro, com 27,7°C de máxima em 24/11/2020.

Isso tudo se deve ao tempo instável, com chuva e muita nebulosidade no decorrer do dia. Porém, no decorrer dos próximos dias, mesmo com pancadas de chuva previstas, o sol aparece e ajuda a elevar as temperaturas, com calor de mais de 30°C no meio das tardes.

Chuva em novembro no Amazonas

A chuva dessas duas semanas de novembro já foi suficiente para acumular mais de 90mm em municípios do Amazonas. As áreas que ficam no oeste do Amazonas foram as que registraram chuva bem acima da sua média, e isso é justificado pela atuação do La Niña neste momento, que começou como Modoki. Mas, de maneira geral, tanto no Modoki quanto no Canônico a chuva ficou acima da sua média pelo Amazonas, no mês de novembro. 

Foto: Climatempo

Anomalia de chuva (climatologia de novembro subtraído pelos dados observados), em mm na Região Norte do país, segundo dados do INMET

Destaque para os acumulados de mais de 100mm nos 10 dias de novembro em Beruri, Itapiranga, Humaitá, Tabatinga e São Paulo de Oliveira, no Amazonas. 

Foto: Climatempo

 Acumulados de chuva em novembro no Amazonas, pelos dados do Cemaden.

Pelos dados oficiais do INMET: Em Manaus(AM), os volumes de chuva ainda são baixos em novembro, com apenas 66,4mm, ainda abaixo da sua climatologia, que é de 169,2mm. Sendo, até o momento, o novembro com o menor volume de chuva desde 2004, quando acumulou apenas 13,3mm.

Esse volume de chuva ainda está longe dos mais de 450mm em novembro de 2020, que foi o mais chuvoso da sua história, desde seus registros em 1961. 

Vale lembrar que neste ano de 2021 tivemos também a cheia histórica, em meados de junho de 2020. Com o nível do Rio Negro chegando aos 30,02 metros. Agora, na recente medição do dia 12 de novembro, estava com um nível de 19,66 metros. Segundo dados do Porto de Manaus e a CPRM (Serviço Geológico do Brasil). 

Foto: Climatempo

Acumulados de chuva em novembro dos últimos 31 anos

Previsão do tempo para os próximos dias

Tanto neste final de semana quanto nos próximos dias, estão previstos temporais pelo Amazonas, os acumulados devem variar entre 50 e 200mm pelo estado. São instabilidades, associadas ao calor e à alta umidade na região, além da circulação dos ventos nos níveis médios e altos da atmosfera. 

Destaque também, para o tempo chuvoso entre a metade sul do Pará e Minas Gerais, com acumulados que chegam facilmente aos 200mm, em especial no sul do Pará e entre o Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul. Aliás, no Centro-Oeste do país, está passando uma invernada, que deve seguir até 20 de novembro de 2021. 

A invernada é um termo mais usado na agricultura. Onde há um período de 4 dias ou mais com tempo fechado, e temperaturas baixas para a estação do ano, neste caso, a primavera. 

Essas chuvas do Centro-Oeste são decorrentes de corredores de umidade que vem da Amazônia e mais a formação de áreas de baixa pressão atmosférica na região, além da circulação dos ventos em níveis médios e altos da atmosfera. 

Foto: Climatempo

Previsão de acumulados de chuva entre os dias 12 e 16 de novembro

Climatempo
Publicidade
Publicidade