PUBLICIDADE

La Niña e o impacto na agricultura até o Outono de 2022

Entenda a análise sobre o fenômeno meteorológico e o efeito nas áreas produtoras

12 nov 2021 16h19
ver comentários
Publicidade

A temperatura do oceano Pacífico encontra-se mais baixa que o normal para época do ano, caracterizando um fenômeno La Niña moderado. A novidade é que o resfriamento prosseguirá além do verão e avançará ao longo do outono de 2022.

De acordo com a NOAA, há 50% de chance de manutenção do fenômeno nesta estação, lembrando que existem três opções com 33% de chance cada um (El Niño, La Niña e neutralidade) e, portanto, 50% é mais que a metade de chance neste caso.

Foto: Climatempo

Padrão de chuva

De acordo com a simulação canadense CanSIPS, espera-se um padrão típico do fenômeno no Brasil com chuva acima da média nas Regiões Norte e Nordeste e no norte das Regiões Sudeste e Centro-Oeste entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022.

Por outro lado, a Região Sul e os Estados de São Paulo e de Mato Grosso do Sul receberão menos chuva que o normal com chance de algumas estiagens regionalizadas.

Temperatura 

A temperatura permanecerá próxima ou abaixo da média na maior parte do país, seja pela presença de ondas de frio mais intensas ou pela chuva persistente. O calor acima do normal predominará apenas no leste do Nordeste e no Rio Grande do Sul.

Impacto na Agricultura

O prolongamento do La Niña para o outono de 2022 aumenta a chance de estiagem no milho segunda safra do Paraná e de Mato Grosso do Sul, comenta Celso Oliveira, meteorologista.

"As lavouras serão instaladas de forma mais precoce que em 2021, mas não devem escapar de algum déficit hídrico entre abril e meados de maio nos dois Estados", comenta Oliveira. 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

O Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte! 

Climatempo
Publicidade
Publicidade