0

Julho pode fechar com chuva em Campo Grande

Tempo seco e quente predomina no CO no fim de semana

26 jul 2018
23h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma grande massa de ar seco predomina sobre a Região Centro-Oeste e mantém as condições de poucas nuvens e muito sol no último fim de semana de julho. O calor e a secura do ar persistem, com temperaturas em geral acima dos 32°C durante a tarde e níveis de umidade próximos de 20% nas horas mais quentes, em muitas áreas da Região.

Não chover em julho é o mais comum no Centro-Oeste. Ainda não choveu este mês em Campo Grande,  nem em Goiânia e nem em Brasília. Cuiabá teve chuviscos em um único dia do mês.

Em Brasília, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia,  a última chuva (e única desde o início de maio)  foi entre 19 e 20 de maio. A capital federal está sem nenhuma chuva há 67 dias consecutivos. 

Em Goiânia a situação é idêntica a de Brasília. São 67 dias sem nada de chuva e o último registro foi entre 19 e 20 de maio.

Em Campo Grande ainda não chove desde 14 de maio e já são 63 dias consecutivos de seca. As últimas frentes frias que passaram provocaram mutas nuvens e queda da temperatura, mas não a chuva.

Foto: Climatempo

Foto de Tania Camilo, Campo Grande (MS)

Mas uma frente fria vai passar pelo Mato Grosso do Sul entre o domingo e a terça-feira e é possível que chova um pouco. Esta frente fria começa esfriar o estado durante o domingo, mas a chuva só deve chegar em Campo Grande e no leste do estado durante a terça-feira. Mas a chuva desta frente fria falhar, a capital de Mato Grosso do Sul vai fechar julho de 2018 igual a 2008, quando nãhoveu nada em julho

O aumento da nebulosidade e queda da temperatura será sentido no oeste e no sul de Mato Grosso, inclusive em Cuiabá, mas o restante da Região Centro-Oeste continua muito quente e seca.

Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade