0

Inverno termina com recorde de calor em várias capitais

O sábado, 19 de setembro, foi o dia mais quente de 2020 até agora nas capitais Belo Horizonte, Goiânia e Brasília.

20 set 2020
07h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O inverno de 2020 está terminando com recordes de calor para o ano em várias capitais brasileiras. O predomínio de uma grande e forte massa de ar seco sobre o país afastou a chuva e o ar frio da maioria das áreas do país, o que gerou condições para um crescente aquecimento do ar, além do aquecimento natural que ocorre no fim do inverno.

O sábado, 19 de setembro, foi o dia mais quente de 2020 até agora nas capitais Belo Horizonte, Goiânia e Brasília.

Recorde de calor em Belo Horizonte

Na tarde de 19/9/2020, o INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - registrou 35,6°C de temperatura máxima em Belo Horizonte, valor oficial da leitura do termômetro de máxima feita às 21 horas (Brasília). Na leitura das 15 horas, a temperatura máxima foi de 34,7°C.

O recorde de calor anterior para 2020 era de 34,5°C, em 18 de setembro. Portanto, o recorde de maior temperatura em 2020 foi batido pelo segundo dia consecutivo.

Uma frente fria provoca chuva e queda da temperatura em Belo Horizonte  neste domingo e também no restante desta semana

Foto: Climatempo

Foto de Vanessa Gehm, Belo Horizonte (MG)

Recorde de calor em Brasília

Pela medição do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia -  a tarde de 19/9/2020 foi a mais quente de 2020 em Brasília, com a temperatura máxima de 33,9°C. Este valor foi aferido na leitura oficial do termômetro de máxima feita às 21 horas (Brasília). Na leitura das 15 horas, a temperatura máxima também foi de 33,9°C.

Pancadas de chuva são previstas para a região de Brasília a partir desta segunda-feira até o fim da semana. Neste domingo, Brasília completou 126 dias sem chuva acima de 1,0 mm em um período de 24 horas.

Recorde de calor em Goiânia

Com quase 40°C, Goiânia bateu o recorde de calor para 2020 na tarde do sábado, 19 de setembro. Pela medição do - INMET - Instituto Nacional de Meteorologia -  a temperatura máxima foi de 39,4°C. Este valor foi observado na leitura oficial do termômetro de máxima feita às 21 horas (Brasília).  O recorde anterior de calor para este ano era de 38,5 °C no dia 18 de setembro. O recorde de maior temperatura em 2020 foi batido pelo segundo dia consecutivo.

A partir deste domingo, e até o fim da semana, tem previsão de pancadas de chuva para Goiânia.

Além de Goiânia, Brasília e Belo Horizonte, as capitais São Paulo, Campo Grande e Cuiabá também estabeleceram os recordes de calor para 2020 neste mês de setembro.

Em São Paulo, a maior temperatura de 2020 até agora ocorreu no dia 12 de setembro, com 34,1°C.

Cuiabá registrou 42,7°C no dia 13 de setembro, sendo esta não só a maior temperatura de 2020 até agora, mas a maior temperatura já registrada na capital de Mato Grosso desde o início das medições do INMET em 31/12/1910.

Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, também registrou o recorde de calor para 2020, até agora, neste mês de setembro, com temperatura de 38,7°C, no dia 10 de setembro.

Veja também:

Previsão Brasil - Alerta para temporais
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade